Especial: The Voice USA (11) – Confira as apresentações do Top 10

Estamos de volta com mais uma semana do The Voice USA. Nessa segunda-feira (28) pudemos conferir as apresentações do nosso top 10, além de uma performance especial de um dos técnicos do programa. Cada vez estamos mais perto de descobrir quem serão os finalistas dessa temporada. Quer saber como o seu favorito está indo? Confira tudo abaixo!

A noite foi aberta por Billy Gilman, do Team Adam. Para essa noite o técnico escolheu a música “Anyway” da Martina McBride e pudemos ver um pouco das raízes do candidato, ao cantar uma música country. No começo da temporada, Billy disse que estava se reinventando como artista, indo em direção ao pop, mas até hoje nós não conseguimos ver um estilo sólido nele. A apresentação dessa semana foi muito bem executada, seus vocais são incríveis, mas ainda não sinto nenhuma conexão com o candidato, porque eu acho que ele ainda está perdido sobre qual caminho seguir.

Na sequência vimos a apresentação da Courtney Harrell, do Team Blake. Toda semana eu digo a mesma coisa, mas não entendo o que está acontecendo com ela. A escolha dessa semana foi a música “If I Could Turn Back Time” e assim como algumas canções dos anos 80 que ela já performou, essa deu certo. Courtney tem bagagem na indústria, mas as escolhas feitas durante o programa podem acabar com suas chances.

Josh Gallagher, do Team Adam, logo subiu ao palco para cantar a música “Real Good Man”. Novamente, ele fez uma boa apresentação, mostrando mais carisma, mais confiança e um pouco mais de personalidade. Porém, o candidato continua jogando no que o deixa mais confortável e não tenta se arriscar. Ele tem se salvado até agora, mas o público também gosta de uma boa surpresa.

Aaron Gibson, do Team Miley, já ficou na berlinda duas vezes. Na semana passada, eu comentei que estava na hora de cantar músicas mais “alegres” no programa, porque isso pareceu conquistar o público no Instant Save. Pensando nisso, Miley sugeriu que ele apresentasse “Rocket Man”. Foi uma escolha boa? Foi. Mas dessa vez, a apresentação não teve muita personalidade ou emoção, ele nem parecia muito confortável cantando.

Uma pausa nos candidatos para curtirmos a apresentação do Maroon 5 no The Voice. A banda fez uma performance do single “Don’t Wanna Know”.

Na sequência, tivemos a apresentação do Christian Cuevas, do Team Alicia, cantando “Million Reasons” da Lady Gaga. Um momento de virada de jogo para o candidato que fez uma performance da música certa, na hora certa. E mais! Christian não só agradou os jurados, como a própria Lady Gaga.

Austin Allsap, do Team Blake, subiu ao palco para apresentar a música “Missing You” do John Waite. Essa foi uma apresentação diferente de tudo que já vimos ele fazendo, e apesar de não ter sido a sua melhor performance, foi bom ver ele tentando coisas novas.

Wé McDonald, do Team Alicia, a cada semana mostra mais e mais do seu potencial. Nessa segunda-feira a jovem cantou a música “God Bless the Child” e eu senti como se tivesse assistindo a um show real dela. Ela estava cheia de atitude e personalidade e seus vocais foram belíssimos.

Brendan Fletcher, do Team Adam, ao meu ver é o dark horse dessa temporada. Ninguém imaginou que ele chegaria tão longe e agora o candidato está provando todo o seu talento. Cantando “True Colors” Brenda fez uma apresentação bem emotiva, que transpareceu a sua vulnerabilidade e mostrou ótimos vocais.

Então vimos Sundance Head, do Team Blake, cantando “Me and Jesus”. Sua apresentação, mais uma vez, foi muito bem executada e sólida. Sundance é um profissional e pode chegar fácil fácil na final.

A noite foi fechada com Ali Caldwell, do Team Miley. Depois de uma escolha duvidosa na última semana, Ali subiu ao palco para cantar “Without You”. Aqui vimos a candidata voltando as origens e fazendo uma apresentação maravilhosa. Bem teatral, cheia de emoção e vocais maravilhosos.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do The Voice e da Nação da Música.

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira
Andressa Oliveira: Metade campograndense, metade paulistana. Iniciou a sua faculdade de Jornalismo em 2012 e escreve para o Nação da Música desde então. Estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais e em descobrir artistas novos por meio dos seus covers. Odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Apaixonada por seriados, livros e filmes da Disney.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!