Especial: The Voice USA (11) – Veja as apresentações da semifinal do top 8

Chegamos a semi final da 11ª temporada do The Voice USA. Dá para acreditar? Embora essa não tenha sido minha temporada favorita, é sempre um momento de nostalgia quando vemos que a temporada está acabando. Nessa segunda-feira (05) todos os participantes cantaram uma música solo e fizeram um dueto. Apenas as apresentações solo vão contar como voto, mas é claro que também vamos comentar sobre os duetos. Para facilitar, vou dividir esse post nas duas categorias de performance. Então é isso, veja tudo o que rolou na noite de apresentações da semi final do nosso reality show favorito!

Apresentações solo

A noite começou com uma apresentação do Christian Cuevas, do Team Alicia. Para uma das noites mais importantes da temporada, ele cantou a música que estava esperando para apresentar desde o começo: “To Worship You I Live (Away)”, um hino religioso (tipo de canção que a galera gosta de usar quando precisa de votos). Sua performance deixou todo mundo eufórico. Teve até alguns momentos em que ele cantou em espanhol. Uma boa escolha, no dia certo, só não sei se foi o momento certo. Se ele tivesse fechado o programa, ele estaria garantido.

Na sequência vimos Ali Caldwell, do Team Miley cantando “I Will Always Love You”. Na última semana ela teve um bom momento com “Without You”, então a técnica deve ter pensando “por que não repetir a dose?”. Concordo que foi uma escolha inteligente, mas segura demais. Ali, claro, estava com vocais lindíssimos, fez uma apresentação bem poderosa, mas nada que já não tínhamos visto.

Não há dúvidas do quanto Brendan Fletcher, do Team Adam, evoluiu ao longo da temporada. Alguns achavam que ele nem chegaria longe, e na última semana ele ficou super bem colocado no iTunes. Depois de várias semanas com músicas certas, o jovem chegou na semi final com uma canção nem tão cativante assim. Cantando “Angel” ele não pareceu estar tão ligado emocionalmente a canção, além de que a apresentação não cresceu para lugar nenhum. Eu espero que ele tenha a chance de pelo menos cantar para conquistar o quarto lugar e ir para a final, porque ele fez por merecer durante a temporada.

Wé McDonald, do Team Alicia, veio em seguida cantando “Scars to Your Beautiful”. Mais uma vez pudemos ver uma grande apresentação dessa candidata, que se manteve bem sólida e constante durante toda a temporada. Ela se mostrou mais confiante do que nunca em sua apresentação e, apesar de ter perdido uma nota durante a apresentação (uma nota bem importante), ela deu a volta por cima e acabou concluindo uma performance bem garantida para a final.

Aaron Gibson, do Team Miley, é aquele candidato que conseguiu se salvar 3 vezes da eliminação. É claro que agora a gente acaba prestando ainda mais atenção nele. Desde o começo eu achei suas apresentações interessantes, mas o público americano pareceu não se conectar muito, então ele começou a cantar músicas mais “alegres”. Para essa semana ele foi com a canção “Everything I Do (I Do for You)”. Não acho que essa tenha sido a escolha certa para ele e talvez seja bem difícil que ele se garanta para a final, porque nem ele pareceu se conectar com a música dessa vez. Uma pena!

Josh Gallagher, do Team Adam, cantou a música “Danny’s Song”. Preciso confessar que essa foi a primeira apresentação dele que eu cheguei a gostar. A escolha de música foi bem certa e a performance foi mais intimista, tudo correu bem para que ele conseguisse ser finalista (até porque a canção está vendendo bem no iTunes). Acredito  que existem candidatos que merecem mais ir para a final, mas vamos ver como os resultados vão nos surpreender nessa noite.

Sundance Head, do Team Blake, veio na sequência para apresentar a música “Love can Build a Bridge”. Sundance vem surpreendendo a gente desde o começo da temporada. O cara já cantou de tudo no programa e sempre faz uma boa apresentação. Eu não sei se gostei muito da escolha da música, mas os técnicos pareceram gostar e Blake está certo que essa apresentação vai conquistar uma vaga na final.

Por fim, chegamos a apresentação do Billy Gilman, do Team Adam. Eu continuo sem saber o que ele quer para a sua carreira, mas nessa noite sua apresentação de “I Surrender”, foi um grande momento em sua jornada do The Voice. Não acho que essa foi a apresentação mais sólida do candidato, mas todos os técnicos estavam em choque no final da apresentação.

Duetos

O primeiro dueto que vimos ficou por conta da Wé McDonald e Aaron Gibson cantando “FourFiveSeconds”. Foi uma boa apresentação, acredito que os dois se deram bem juntos, mas é impossível não negar que Wé se destacou muito mais do que o Aaron.

Sundance e Josh cantaram a música “Feelin’ Alright”. Essa foi uma apresentação bem gostosa de se assistir. Uma música certa para os dois candidatos, mas que, assim como na apresentação anterior, vimos um candidato se destacar mais que o outro.

Billy Gilman e Christian Cuevas se juntaram para cantar a música “Unsteady”. Os dois fizeram uma apresentação vocalmente maravilhosa, mas a canção ficou com um ar de anos 80 que eu, particularmente, não estava mais aguentando.

Por fim, vimos Brendan e Ali cantando “It’s Only Love” e acho que podemos concordar que esse dueto foi melhor que as apresentações solo de ambos, não é? Se os duetos valessem como voto, eu acho que alguns candidatos teriam algum problema de se garantir para a próxima semana. Ótima apresentação!

Quem vocês acham que vão para a final na próxima semana? Meu palpite é que Billy, Wé e Sundance vão estar salvos e o quarto lugar, eu gostaria que fosse preenchido pelo Bredan.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira
Andressa Oliveira: Metade campograndense, metade paulistana. Iniciou a sua faculdade de Jornalismo em 2012 e escreve para o Nação da Música desde então. Estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais e em descobrir artistas novos por meio dos seus covers. Odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Apaixonada por seriados, livros e filmes da Disney.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!