Adele domina o Grammy 2017; Confira lista completa de vencedores

Na noite deste domingo (12) aconteceu no Staples Center em Los Angeles a cerimônia do Grammy Awards 2017. Beyoncé ganhou dois dos nove prêmios os quais concorria – Melhor Álbum Urbano Contemporâneo por “Lemonade” e Melhor Videoclipe por “Formation” – o que não agradou tanto seus fãs, porém entregou uma performance grandiosa para as músicas “Love Drought” e “Sandcastles”.

Adele, que concorria a cinco categorias, levou os cinco troféus para casa, incluindo Gravação do Ano e Música do Ano por “Hello”. A britânica abriu a premiação com o mega hit e ainda apresentou sua versão para “Fastlove”, em homenagem ao cantor George Michael. Quando subiu ao palco para receber o principal prêmio da noite, o de Álbum do Ano por “25”, a cantora homenageou Beyoncé, declarando que seu disco “Lemonade” é monumental.

Outros destaques da noite foram Chance The Rapper e David Bowie. O rapper de Chicago apresentou uma grande performance para “How Great” e “All We Got” e ainda levou para casa três prêmios, incluindo Melhor Artista Revelação. O cantor britânico falecido em 2016 foi agraciado com cinco troféus póstumos por “Blackstar”, seu último álbum lançado no ano passado.

Cage The Elephant, twenty one pilots e The Chainsmokers levaram para casa um gramofone de ouro cada. Os donos dos hits “Stressed Out” e “Heathens” ainda protagonizaram um momento engraçado, quando subiram ao palco de cuecas, devido a uma promessa que haviam feito.

Confira abaixo a lista completa de vencedores:

Álbum do Ano: “25”, Adele

Gravação do Ano: “Hello”, Adele

Música do Ano: “Hello”, Adele

Melhor Álbum de Rap: “The Coloring Book”, Chance the Rapper

Melhor Álbum Urbano Contemporâneo: “Lemonade”, Beyoncé

Melhor Performance de Country Solo: “My Church”, Maren Morris

Melhor Música de Rock: “Blackstar”, David Bowie

Melhor Performance de Pop em Duo ou Grupo: “Stressed Out”, Twenty One Pilots

Melhor Artista Revelação: Chance the Rapper

Melhor Performance de Pop Solo: “Hello”, Adele

Melhor Álbum de Pop Tradicional Vocal: “Summertime: Willie Nelson Sings Gershwin”, Willie Nelson

Melhor Álbum de Pop Vocal: “25”, Adele

Melhor Gravação de Dance Music: “Don’t Let Me Down”, The Chainsmokers Featuring Daya

Melhor Álbum Dance/Eletrônico: “Skin”, Flume

Melhor Álbum Contemporâneo Instrumental: “Culcha Vulcha”, Snarky Puppy

Melhor Performance de Rock: “Blackstar”, David Bowie

Melhor Performance de Metal: “Dystopia”, Megadeth

Melhor Álbum de Rock: “Tell Me I’m Pretty”, Cage the Elephant

Melhor Álbum de Música Alternativa: “Blackstar”, David Bowie

Melhor Performance de R&B: “Cranes in the Sky”, Solange

Melhor Performance de R&B Tradicional: “Angel”, Lalah Hathaway

Melhor Música de R&B: “Lake By the Ocean”, Maxwell

Melhor Álbum de R&B: “Lalah Hathaway Live”, Lalah Hathaway

Melhor Performance de Rap: “No Problem”, Chance the Rapper Featuring Lil Wayne & 2 Chainz

Melhor Performance de Rap/Sung: “Hotline Bling”, Drake

Melhor Música de Rap: “Hotline Bling”, Drake

Melhor Álbum de Pop Latino: “Un Besito Mas”, Jesse & Joy

Melhor Álbum Country: “A Sailor’s Guide to Earth”, Sturgill Simpson

Melhor Música Country: Tim McGraw, “Humble and Kind”

Melhor Performance de Country em Duo/Grupo: “Jolene (feat. Dolly Parton)”, Pentatonix

Melhor Álbum de Gospel de Raíz: “Hymns”, Joey+Rory

Melhor Álbum de Grande Conjunto de Jazz: “Presidential Suite: Eight Variations on Freedom”, Ted Nash Big Band

Melhor Álbum de Jazz Instrumental: “Country for Old Men”, John Scofield

Melhor Álbum de Jazz Vocal: ”Take Me to the Alley“, Gregory Porter

Melhor Solo de Jazz Improvisado: “I’m So Lonesome I Could Cry”, John Scofield

Melhor Performance de Chamber Music/Small Ensemble: “Steve Reich”, Third Coast Percussion

Melhor Gravação de Dance: “Don’t Let Me Down (feat. Daya)”, The Chainsmokers

Melhor Álbum de New Age: “White Sun II”, White Sun

Melhor Música/Performance Gospel: “God Provides”, Tamela Mann

Melhor Música/Performance de Música Cristã Contemporânea: “Thy Will”, Hillary Scott & The Scott Family

Melhor Álbum Gospel: “Losing My Religion”, Kirk Franklin

Melhor Álbum de Música Cristã Contemporânea: “Love Remains”, Hillary Scott & The Scott Family

Melhor Álbum de World Music: “Sing Me Home”, Yo-Yo Ma and The Silk Road Ensemble

Melhor Álbum Infantil: “Infinity Plus One”, Secret Agent 23 Skidoo

Melhor Álbum de Palavras Faladas: “In Such Good Company: Eleven Years Of Laughter, Mayhem and Fun in the Sandbox”, Carol Burnett

Melhor Álbum de Musical Teatral: “The Color Purple”

Melhor Trilha Sonora em Compilação para Mídia Visual: “Miles Ahead”

Melhor Trilha Sonora para Mídia Visual: “Star Wars: The Force Awakens”, John Williams

Melhor Música escrita para Mídia Visual: “Can’t Stop the Feeling!”, Justin Timberlake

Melhor Composição Instrumental: “Spoken at Midnight”, Ted Nash

Melhor Arranjo, Instrumentação ou A Cappella: “You and I”, Jacob Collier

Melhor Arranjo, Instrumentação e Vocais: “Flintstones”, Jacob Collier

Melhor Pacote de Gravação: “Blackstar”, David Bowie

Melhor Pacote de Edição Limitada Especial ou Box: ”Edith Piaf 1915-2015“, Edith Piaf

Melhor Notas de Álbum: ”Sissle and Blake Sing Shuffle Along“, Eubie Blake and Noble Sissle

Melhor Álbum Histórico: “The Cutting Edge 1965-1966: The Bootleg Series, Vol.12 (Collector’s Edition)”, Bob Dylan

Melhor Engenharia de Álbum (Não-clássico): “Blackstar”, David Bowie

Melhor Gravação Remixada: “Tearing Me Up (RAC Remix)”, Bob Moses

Melhor Álbum Surround Sound: “Les Citations; Mystère De L’instant & Timbres, Espace, Mouvement”, Ludovic Morlot & Seattle Symphony, Dutilleux: Sur Le Même Accord

Melhor Engenharia de Álbum (Clássico): “Corigliano: The Ghosts of Versailles”, Mark Donahue and Fred Vogler

Produtor do Ano (Clássico): David Frost

Melhor Performance Orquestral: “Shostakovich: Under Stalin’s Shadow – Symphonies Nos. 5, 8 & 9”, Boston Symphony Orchestra

Melhor Videoclipe: “Formation”, Beyoncé

Melhor Filme Musical: “The Beatles: Eight Days a Week the Touring Years”, The Beatles

Pessoa do Ano MusiCares: Tom Petty

Deixe seu comentário, marque aquele seu amigo que também curte a Adele, a Beyoncé e outros artistas do Grammy Awards 2017, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: FacebookTwitterSpotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Nelson Laboissiere
Carioca, turismólogo, louco por música, tecnologia, viagens e metido a jornalista aqui na Nação da Música. Também um tanto maníaco por shows e festivais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!