Entrevista: Tássia Holsbach fala sobre novo EP “Cara Lavada”

Foto: Divulgação.

Natural de Campo Grande, a cantora Tássia Holsbach lançou o EP “Cara Lavada” em novembro e é uma das promessas da música brasileira. Com quatro faixas e produzido por Dudu Borges, o trabalho já está disponível no Spotify e marca um novo capítulo na carreira da artista.

Nação da Música conversou com a Tássia Holsbach sobre a produção de “Cara Lavada”, suas inspirações e os planos para o ano de 2017.

Entrevista feita por Marina Moia.

————————————————————————————————————— Leia a íntegra

Como começou sua paixão pela música?
Tássia: Acho que na hora do parto, viu! [risos] Eu sempre brinco com isso porque o médico estava ouvindo música clássica quando eu nasci e sempre digo tudo começou aí. Quando eu tinha 8 anos, eu e meus irmãos fomos fazer musicalização. Eu não sei de onde veio essa ideia da minha mãe, porque foi muito difícil para eu convencê-los que queria viver de música, mas foi fundamental para eu seguir a carreira. Quando meus pais perceberam, eu já estava muito envolvida com as aulas, não queria fazer mais nada, só ir pra escola de música. Todos os dias tinha uma coisa pra fazer lá, ou um coral das crianças ou dos adultos, ou tinha aula teórica, tinha apresentação de bandas e eu ficava lá prestando atenção, aquilo virou o meu mundo.

O EP “Cara Lavada” foi lançado em 2016, com produção do Dudu Borges. Como foi o processo de criação do trabalho? E de onde veio a ideia para o nome?
Tássia: O processo de criação do trabalho foi totalmente “de mãos vazias”, posso dizer assim. Começou muito despretensioso, sem moldes, sem referências focadas. Foi tudo muito natural, cada encontro era uma sonoridade diferente que surgia.

E o nome do disco veio junto com esse processo de criação. Como tinha uma câmera filmando tudo pro projeto #tassia180, rolou uma exposição, mostrar meu jeito de “cara lavada”, como eu era mesmo. O disco era pra falar da minha verdade, falar de sentimento da maneira que eu sentia.

Você já alcançou mais de 150 mil plays no Spotify e muitas pessoas te mandam covers de suas músicas, que você posta no Facebook. Como está sendo essa recepção pra você?
Tássia: Os covers na verdade não são mandados pra mim, eu que caço. A primeira vez que eu escutei um cover, achei demais e resolvi compartilhar. A partir daí comecei a ir atrás de outros, pesquisando mesmo. É tão interessante, porque essas pessoas tem a ver com o conceito do “cara lavada”. Vão lá, gravam, postam, sem medo.

Você já lançou lyric vídeos para todas as músicas do “Cara Lavada”. Podemos aguardar um videoclipe logo também? De qual música?
Tássia: 
Claro. O primeiro clipe vai ser do single “O que eu não dei pra ninguém”, mas já tem roteiro para mais duas músicas.

No seu canal do Youtube, podemos assistir diversos covers, de artistas como Sandy&Junior, Jason Mraz, 5 a Seco. Quais são as maiores inspirações para seu trabalho atualmente?
Tássia: 
Musicalmente, para este trabalho, eu não me inspirei em nenhum artista específico. A inspiração é mais de sensações mesmo. Sentia falta de músicas com conteúdo e musicalidade leve. Pensando assim, Sandy & Junior acho, inclusive, que faziam uma música leve, Jason Mraz também. Por isso eles estão lá no meu canal. A força do sentimento desse EP, por exemplo, veio muito do que eu sinto quando ouço Natiruts. Eles são outra inspiração nesse sentido de sensação.

O denominador comum do “Cara Lavada”, e até das músicas que ficaram de fora, é a simplicidade.

E com qual artista e/ou banda, nacional e internacional, você gostaria de fazer uma colaboração?
Tássia: 
Ah, se eu posso sonhar, minha imaginação vai além, né [risos]. Eu tenho muita vontade de fazer algo com a Ivete, por exemplo. Quem sabe….

Quais são os planos pra 2017?
Tássia: 
Ah, quero tomar muito banho. De preferência diariamente [risos]. Quero fazer show, colocar esse trabalho na estrada e desenvolver o álbum do mesmo jeito que fizemos esse EP.  Com esse mesmo conceito.

Quer deixar um recado para seus fãs?
Tássia: 
Gostaria só de agradecer o carinho que cada um tem por mim. Espero que tenham gostado de tudo o que foi feito com o EP, porque foi de coração, foi a minha verdade. Acompanhe o meu canal, logo mais tem novidades pra vocês.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Tássia Holsbach, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Ouça o EP “Cara Lavada” abaixo:


COMPARTILHAR
Marina Moia
Jornalista, bauruense de coração e apaixonada por música desde que se conhece por gente. Viciada em séries, amante de livros e colecionadora de batons coloridos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!