Jack White faz discurso com tom político ao aceitar Grammy especial

O músico de rock Jack White compareceu na última quarta-feira (08) ao “Recording Academy’s Producers & Engineers Wing”, um evento especial do Grammy, onde recebeu um prêmio por suas realizações e suporte contínuo à arte e ao ofício da música gravada.

White discursou agradecendo pessoas como Les Paul, Bing Crosby e até citando uma frase Michael Jackson para dizer que é preciso ser uma antena e deixar Deus na sala, ou seja, que é preciso deixar que a música decida o que acontece no estúdio.

Durante parte de seu discurso, no entanto, Jack tomou uma postura um tanto quanto política ao dizer que deveríamos construir pontes ao invés de muros, especialmente agora, fazendo uma clara referência às questões políticas enfrentadas nos Estados Unidos com a eleição de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos. Você pode assistir ao discurso clicando aqui.

Jack White concorre no Grammy desse ano em duas categorias: em “Melhor Música de Raiz Americana” por “City Lights” e em “Melhor Performance de Rock” por sua participação em “Don’t Hurt Yourself” da cantora Beyoncé. Ele tem, ao todo, 12 gramofones ao longo de sua carreira, tanto solo quanto em grupos.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte jack White e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR
Guilherme Anacleto: Estudante de Arquitetura e Urbanismo por opção, cantor e amante de música por vocação. Uniu seu gosto por música e por escrita quando viu no Nação da Música a oportunidade de fundir ambos. Não fica sem um bom livro, um celular e um fone de ouvido. Amante de séries, televisão, reality shows, gastronomia e viagens e tenta sempre usar isso a seu favor para estar reunido com família e amigos. Uma grande metamorfose ambulante reunida em um coração sonhador com um toque de humor indispensável.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!