Harry Styles
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Nesta terça-feira (29), Harry Styles encerrou sua passagem pelo Brasil com uma apresentação no Espaço das Américas, casa de show localizada na Barra Funda, zona oeste da capital paulista.

Claro que o artista britânico era o foco da noite, mas não seria justo não falar sobre o ótimo show de abertura. Leon Bridges conseguiu animar muito o público com diversas dancinhas e interagindo bastante. Com um estilo puxado para o blues, as pessoas aproveitaram para dançar, ainda mais quem estava ao fundo onde havia espaço.  A banda do americano também merece seu destaque, principalmente a vocal de apoio Brittni Jessie, que sozinha conseguiu agitar plateia.

Finalizada a abertura, que durou, aproximadamente, 40 minutos, a ansiedade era nítida nos olhos dos fãs. E não é para menos, havia gente acampada há, pelo menos, cinco meses em frente ao local.

Pontualmente, às 21h, Harry Styles entrou e levou a casa, que estava lotada, abaixo. A histeria em forma de choro e grito tomou conta do lugar. O setlist começou com “Only Angel”, canção de seu disco solo, e já fez as pessoas pularem e cantarem demais.

Na segunda música, a plateia começou a interagir mais com o artista, e flores de plástico foram arremessadas em direção ao palco. No meio da canção, Harry ainda mandou beijos, arrancando suspiros e mais gritos.

O cantor demonstrou muita presença de palco, simpatia e disposição. A todo momento, ele arriscava algumas frases em português como “saudades”, “olá, São Paulo” e “eu amo muito vocês”. Ele ainda deu parabéns para quem levou cartazes dizendo que estava fazendo aniversário. E, em determinado momento, chegou a parar o show, pois viu que alguém não estava passando bem, após tudo resolvido, deu continuidade à apresentação.

Harry Styles
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música.

Foram vários agradecimentos ao público, o artista ainda foi compreensivo com a situação que o país passa e disse que ficava mais grato sabendo da dificuldade que muitos passaram para conseguir estar lá naquela noite.

A escolha de canções não mudou muito do que estava programado e do que foi no Rio de Janeiro. O britânico soube alternar ritmos com músicas mais agitadas e outras mais lentas como foi o caso de “Two Ghosts”, uma das mais cantadas pela plateia, e “Just a Little Bit of Your Heart”, escrita por ele, mas gravada por Ariana Grande originalmente.

Ao final de “Meet Me in the Hallway”, o artista passou pelo meio da pista premium e foi até o palco B, localizado entre as duas pistas, e cantou “Sweet Creature” e “If I Could Fly”, esta última do One Direction. E não tinha como ser diferente, os fãs ficaram ainda mais exaltados nas canções da boy band. Na sequência, ainda tocou “What Makes You Beautiful”, um dos principais hits do grupo, aí já no palco principal. Nesta hora, ele ainda levantou uma bandeira do Brasil e a posicionou em seu microfone.

Antes de sair do palco pela primeira vez, Harry Styles cantou “Sign of the Times”, um dos singles de sua carreira solo, e, novamente, a plateia fez seu parte. As lanternas dos celulares foram ligadas, algumas com papel celofane com diferentes cores na frente, dando uma emoção ainda maior ao ambiente.

O cantor voltou com mais três músicas: “From The Dining Table”, “The Chain” (música original de Fletwood Mac) e Kiwi. Na primeira delas, todos ficaram todos em silêncio, quem tentasse gritar ou cantar era repreendido pelos outros, deixando apenas o artista fazer sua performance.  No BIS, algumas grades que separavam a pista premium foram retiradas, então quem estava no camarote conseguiu correr para assistir ao término ainda mais perto.

A apresentação foi completa, passando pelo seu álbum na íntegra, relembrando faixas do One Direction e passando por cover de outros artistas. Ao final, os fãs estavam extremamente emocionados, alguns saíram aos prantos depois de terem presenciado o ídolo de perto.

Nossa equipe também registrou através das lentes de Rafael Strabelli, alguns momentos da apresentação. Confira:
NM

Setlist
“Only Angel”
“Woman”
“Ever Since New York”
“Two Ghosts”
“Carolina”
“Stockholm Syndrome” (música do One Direction)
“Just a Little Bit of Your Heart” (música da Ariana Grande)
“Medicine”
“Meet Me In Hallway”
“Sweet Creature”
“If I Could Fly” (música do One Direction)
“Anna”
“What Makes You Beautiful” (música do One Direction)
“Sign of The Times”

BIS
“From The Dining Table”
“The Chain” (música do Fletwood Mac)
“Kiwi”

Veja alguns comentários das redes sociais sobre o show:

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Harry Styles, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.