Chegamos a semifinal da 13ª temporada do The Voice USA. Dá para acreditar? Nessa segunda-feira (11) todos os participantes cantaram uma música solo e fizeram um dueto. Para facilitar, vou dividir esse post nas duas categorias de performance. Vale lembrar que nessa semana as eliminações vão seguir a seguinte forma: os três candidatos mais votados vão direto para a final, os dois menos votados são eliminados imediatamente e os três que ficaram no meio participam do Instant Save e o que tiver mais votos pelo twitter segue para a final. Veja então tudo o que rolou na noite de apresentações da semifinal do nosso reality show favorito!

Apresentações solo

O programa começou com uma apresentação do Adam Cunningham, do Team Adam. Nessa semana, o técnico deixou que o próprio candidato escolhesse sua canção – o que, de fato, deveria ter acontecido desde o começo – que resultou em uma boa performance. Cantando “I’m Already There”, Adam fez uma escolha inteligente e cantou algo que o deixasse em sua zona de conforto, mas acho que depois de tantas apresentações que deixaram a desejar, dessa semana ele não passa.

Davon Fleming, do Team Jennifer, subiu ao palco do The Voice para cantar a música “Gravity”. Esse é um momento crucial no programa e nem sempre é bom sair da zona de conforto, mas Davon fez uma belíssima apresentação nessa noite. Ele mostrou um outro lado e seus vocais foram incríveis. Depois de quase ter sido eliminado na última semana, acredito que essa performance mostrou novamente todo o seu potencial.

Do Team Blake, vimos Red Marlow apresentar “Go Rest High on That Mountain”. Esse é um candidato que eu não dava muita atenção no começo do programa, mas que com o passar do tempo, foi mostrando o seu talento, fez performances sólidas e consistentes e nessa segunda, mesmo sem a sua guitarra, conseguiu fazer uma apresentação muito boa e emocionante.

Keisha Renee, também do Team Blake, fez uma performance lindíssima da canção “What Hurts The Most”. Durante sua jornada no The Voice ela tem se mostrado extremamente profissional, com um vocal muito sólido e nessa segunda não foi diferente. Além de tudo isso, fez uma performance bem emocionante, que mais uma vez confirma que ela merece sim estar na competição.

Chloe Kohanski, do Team Blake, teve uma boa temporada até agora. Suas músicas venderam muito bem e suas apresentações, no geral, foram excelentes. A candidata tem muito talento e estilo próprio, o que acaba chamando a atenção. Nessa noite, cantou a música “I Want to Know What Love Is” e mais uma vez fez uma performance incrível. Achei que com essa canção, ela foi mais vulnerável e conseguiu mostrar bastante emoção.

Noah Mac, do Team Jennifer, também teve seus momentos de destaque no The Voice, principalmente por sua criatividade e por mostrar que sabe quem ele, qual o seu estilo e se manter fiel a isso. Na última semana, eu senti que ele se segurou demais e apresentação deixou um sentimento de “está faltando algo”, mas nessa semana com “River” ele mostrou tudo o que pode fazer. Foi uma performance incrível, que transmitiu todo o seu talento e potencial.

Então vimos a apresentação de Addison Agen, do Team Adam. Toda semana ela consegue surpreender o público com seu talento e faz performances incríveis. Nessa noite, claro, não foi diferente. Cantando “Both Sides, Now”, Addison conseguiu transformar a música com o seu próprio estilo e fez uma apresentação cheia de emoção e carisma.

Brooke Simpson, do Team Miley, teve um momento incrível na semana passada e nessa segunda-feira, continuou a mostrar todo o poder da sua voz. Cantando “Faithfully”, ela mostrou que não se precisa de muito no palco, quando se tem uma voz como essa. Todas as notas foram muito bem executadas e sua performance trouxe muita emoção.

Duetos

O primeiro dueto da noite ficou por conta de Noah Mac e Chloe Kohanski. Os dois cantaram a música “Wicked Game” e a canção soou incrível em suas vozes. Algumas pessoas comentaram que não houve química entre os dois, mas acredito que a interação deles estava muito boa no palco. Inclusive, esse foi o único dueto que entrou no Top 10 do iTunes.

O próximo dueto foi entre Brooke Simpson e Davon Fleming cantando “Earned It”. A apresentação mostrou uma química muito legal entre os dois, que pareciam estar tendo um ótimo momento no palco. Os vocais estavam impecáveis também.

Red Marlow e Adam Cunningham cantaram a música “Can’t You See” juntos. Uma escolha bem lógica e clichê para o par, mas que serviu muito bem para as suas vozes.

Addison Agen e Keisha Renne subiram ao palco para cantar a música “Strong Enough”. Foi uma performance muito bonita de assistir e que mostrou muito bem o talento das duas, sem deixar que alguma fosse ofuscada pelo brilho da outra.

Tendo em vista essas apresentações, eu acho que o top 4 da final vai ser: Chloe, Addison, Noah e Brooke. O que vocês acham?