Especial: The Voice USA (12) – Veja como foram as apresentações da final

Chegamos a final da 12ª temporada do The Voice. Nessa segunda-feira (22), nós pudemos conferir as últimas apresentações dos candidatos que foram os fatores decisivos e conduziram a última chance de o público americano votar em seu favorito. Como de costume nas últimas temporadas, nessa noite vimos cada um dos 4 finalistas cantar um cover, um dueto com seu técnico e uma música original que será o seu primeiro single. Para ficar mais fácil, vou comentar as apresentações por candidato e não pela ordem em que foram apresentadas. Então preparem-se e vejam tudo o que aconteceu nessa primeira noite de festa.

Chris Blue – Team Alicia

Música original

Chris Blue apresentou a canção “Money on You”, que foi escrita por um time muito bom, com pessoas que já trabalharam com artistas como Justin Bieber, Tove Lo, Rita Ora, etc. Seu primeiro single então segue essa pegada mais animada e dançante, porém acredito que deixa a desejar em sua letra. A apresentação no programa foi boa, porém poderia ter tido mais energia da parte do Chris (mas a gente vai perceber o motivo dele ter feito algo mais tranquilo depois).

Dueto

Chris e sua técnica, Alicia Keys, subiram ao palco do The Voice para cantar “Diamond and Pearls” do Prince e foi uma ótima escolha para a noite. Tanto a técnica, quanto o candidato, pareciam em perfeita harmonia, cada um deles tiveram grandes momentos durante a apresentação.

Cover

Aqui está o motivo pelo qual Chris pode ter guardado toda a sua energia. Cantando “Rhythm Nation” o jovem fez uma apresentação impressionante, com direito a coreografia, mas diferente de sua performance de “24K Magic” aqui ele pode mostrar mais do seu potencial vocal também e ainda deu um show enquanto dançava e cantava – porque a gente sabe que não é qualquer um que consegue fazer isso, não é mesmo? Alguns acreditam que Chris pudesse ter sido mais estrategista e cantando alguma balada ou música mais emocionante, mas essa é uma apresentação que não vai sair de nossas cabeças por um tempo.

Aliyah Moulden – Team Blake

Música original

A finalista mais jovem do The Voice recebeu como sua música original a canção “Never Be Lonely” que tem uma pegada da Meghan Trainor. Confesso que a música é chiclete, poderia facilmente se tornar um hit, principalmente entre o público mais jovem e fãs da Disney, mas é um pouco decepcionante ver o amadurecimento da candidata nas últimas semanas para então ter uma música assim na final. Fora isso, ela fez uma ótima apresentação, super divertida e que mostrou o quanto ela evolui em relação a sua presença de palco.

Dueto

Seu dueto com o técnico Ficou por conta da música “Dancing in the Street”. Acredito que Blake poderia ter escolhido uma música melhor, que fosse até mais confortável para ambos, mas a apresentação acabou caindo na mesmice.

Cover

Para o seu cover, Aliyah cantou a música “Signed, Sealed, Delivered, I’m Yours”. Novamente, eu não acho que Blake tenha feito a melhor escolha para a sua candidata. Essas acabaram sendo canções clichês, fáceis de serem esquecidas. Mas Aliyah fez o seu melhor no palco, ela realmente pareceu muito confortável enquanto cantava.

Lauren Duski – Team Blake

Música original

Lauren foi a única candidata que co-escreveu o seu single e isso por si só já é uma vantagem imensa. A canção “Déjà Vu” é uma balada que realmente parece ser uma canção bem comercial ou algo que grandes estrelas do country cantariam. Não há dúvidas que Lauren é uma das candidatas mais consistentes dessa temporada do The Voice e sua apresentação só nos relembrou isso.

Dueto

Lauren e seu técnico Blake Shelton se juntaram para cantar a música “There’s a Tear in My Beer”. A dinâmica entre os dois foi um pouco mais natural do que com Aliyah, mas a música não pareceu ser a escolha mais adequada para Lauren, que acabou ficando ali só parecendo uma parceira do Blake e não a estrela da noite.

Cover

Cantando “The Dance”, Lauren mais uma vez mostrou ser constante e fez uma apresentação incrível, bem sólida e verdadeira. O técnico foi só elogios sobre a performance e vou dizer uma coisa, o público gostou também, já que tanto sua canção original, como o cover, entraram no top 10 do iTunes.

Jesse Larson – Team Adam

Música original

“Woman” foi a canção original escolhida para Jesse. Essa música é um pouco mais lenta então não traz a energia que algumas das performances do candidato tiveram, porém mostra muito do seu potencial vocal e sua apresentação refletiu muito bem isso.

Dueto

Jesse e o técnico Adam também fizeram uma versão de música do Prince. A escolhida para a noite foi “Let’s Go Crazy” e resultou em uma apresentação divertida. Os dois pareciam muito confortáveis no palco com suas guitarras o que fez com que a performance fosse bem interessante de assistir.

Cover

Para o seu cover, Jesse apresentou a música “Takin’ It To The Streets” e acredito que essa tenha sido sua melhor apresentação da noite. Ele trouxe bastante personalidade e vida para a apresentação e mostrou mais uma vez que merece estar na final.

O que vocês acharam das apresentações? Como vocês acham que vão ser os resultados nessa terça-feira? A autora que vos fala gostaria que fosse Chris em primeiro, Lauren em segundo, Jesse em terceiro e Aliyah em quarto. Mas acredito que será Lauren, Chris, Jesse e Aliyah.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

 

 

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira

Metade campograndense, metade paulistana, jornalista e apaixonada por música. Escreve para o Nação da Música desde 2012, estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais, odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Seriados, livros e comida também não podem faltar em sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!