Especial: The Voice USA (12) – Confira a primeira noite de playoffs

Queridos fãs do The Voice chegamos aos Playoffs! Nessa segunda-feira (17) os times da Alicia e Blake foram os responsáveis pelas apresentações da noite. Só para lembrar, essa fase do programa consiste na apresentação dos candidatos, depois os 2 que tiveram o maior número de votos do público continuam e o técnico tem a chance de salvar mais do seu time. Nessa temporada o The Voice também voltou com a opção de o técnico dar uma nova chance para algum artista que já havia sido eliminado. Então, ao invés de 5 apresentações de cada time, tivemos 6. Preparados para ver tudo o que rolou?

TEAM BLAKE

A noite começou com uma apresentação da Casi Joy. A cantora subiu ao palco para cantar a música “Parachute” do Chris Stapleton e teve o seu grande momento. Talvez ela estivesse nervosa por ser a primeira a se apresentar ou talvez algo aconteceu, mas Casi não fez a apresentação como sempre faz. Seus vocais ainda estavam maravilhosos, mas faltou um brilho, faltou aquele elemento que prende a atenção do público.

Felicia Temple, a candidata que o Blake resolveu dar uma nova chance, veio na sequência cantando “Defying Gravity”. Confesso que não foi uma apresentação ruim, mas a escolha da música não colaborou com o momento. Felicia desde o começo tinha se destacado, mas nos knockouts – e agora nos playoffs – apresentou duas canções que praticamente a sabotaram.

Aaliyah Rose é uma das candidatas bem jovens que o The Voice recebeu nessa temporada. E assim como Felicia, sofreu com o erro de escolha de música. Cantando “Brass in Pocket”, do The Pretenders, Aaliyah fez uma apresentação mediana e ainda sem entender o real significado da letra da canção.

TSoul chegou no palco para cantar a música “Knock on Wood” do Eddie Floyd. Diferente das últimas apresentações do time, o candidato teve muita presença de palco, trouxe energia e belos vocais. Minha única dúvida com ele é se o público consegue se conectar com suas performances.

Aliyah Moulden é outra jovem cantora que está presente no Team Blake. Eu ainda não entendi qual é o estilo musical que ela quer seguir – acredito que nem a própria candidata- mas sua apresentação de “Mercy” da Duffy, foi sem dúvidas, muito melhor do que sua última performance. A canção favoreceu o seu tom de voz e apesar da cantora ainda parecer meio perdida no palco, essa foi a primeira vez que vi potencial nela.

A última apresentação do time ficou por conta da Lauren Duski. Cantando “Someone Else’s Star” ela mostrou uma vibe mais vulnerável, mas com uma apresentação autêntica e muito profissional. Sua postura no palco é incrível.

Então o público teve o seu tempo para votar e escolheram: Lauren e Aliyah para continuar no Team Blake. O técnico então decidiu que TSoul seguiria em seu time.

TEAM ALICIA

Chris Blue foi o primeiro do time a se apresentar e ele conseguiu surpreender desde o começo com a escolha de cantar “Love on the Brain”, da Rihanna, no tom original. E então no palco, o candidato fez uma apresentação incrível. Ele não parecia que estava em uma competição, mas sim em uma premiação.

Anatalia Villaranda subiu ao palco do The Voice para cantar a música “Stand By Me”. Além de ser uma canção clichê em reality show musical, a jovem acabou se apagando muito em sua apresentação. Eu sempre comentei que ela parecia forçada com sua energia, então fiquei feliz com a escolha de fazer uma apresentação mais tranquila, porém eu acho que ela acabou se perdendo.

Jack Cassidy foi a escolha da Alicia para dar uma nova chance e, particularmente, eu achei que foi algo bem desnecessário. Alicia podia ter escolhido qualquer pessoa do programa e não só do seu time e resolveu trazer Jack – que já faz um tempinho que não chama muita atenção em suas apresentações. Cantando “Don’t Let the Sun Go Down on Me” ele teve problemas com a afinação, com sua presença de palco, enfim.

Vanessa Ferguson veio na sequência cantando a música “Lean On” do Major Lazer. O interessante, é que ela aparenta poder cantar qualquer coisa. Suas versões são bem autênticas e essa apresentação, em especial, foi original e me prendeu do começo ao fim.

Ashley Levin, candidata country do Team Alicia, recebeu o desafio de cantar a música “I Can’t Stand The Rain”. Essa é uma canção difícil de se apresentar, e Ashley fez um bom trabalho, mostrando bastante emoção e um vocal poderoso.

A última apresentação da noite ficou por conta da Stephanie Rice. Cantando “Every Breath You Take”, o público não deixou de comparar a sua apresentação com a de Hannah Huston, mas acho que não há comparação aqui. Cada uma tem o seu estilo próprio e Stephanie consegue ser bem autêntica em suas apresentações. Ali no piano ela mostrou um pouco mais do seu talento e nos levou junto de sua emoção.

O público então votou e escolheu Chris e Vanessa para seguirem na competição e Alicia salvou Stephanie.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

 

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira
Metade campograndense, metade paulistana, jornalista e apaixonada por música. Escreve para o Nação da Música desde 2012, estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais, odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Seriados, livros e comida também não podem faltar em sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!