Duda Beat
Foto: Rafael Strabelli / Nação da Música

No último dia 31 de Agosto, Sábado, a cantora Duda Beat foi uma das atrações que se apresentaram no Festival Sarará que aconteceu em Belo Horizonte (MG), no Estádio do Mineirão, que também contou com Gilberto Gil, Lagum, Iza, Pabllo Vittar e outros nomes.

Nossa equipe conversou com ela sobre sua presença no evento, um balanço de como está sendo o seu ano de 2019, seus próximos projetos e também a recente indicação ao Prêmio Multishow 2019.

————————————– Leia a íntegra:
– 2019 acredito que esteja sendo um ano muito especial pra ti, profissionalmente. Seu nome está em muitos festivais, você se apresentou inclusive no Lollapalooza, Cultura Inglesa, Queremos! Festival e agora no Festival Sarará em BH. Como você enxerga seu 2019 até o momento?
Duda: 2019 está sendo um ano maravilhoso para mim. Capa, feats, início de disco novo. E anos ímpares são muito bons para começar coisas colocando tudo no em anos pares. Então realmente 2019 está sendo demais! Muitos festivais, muita coisa boa, e ainda vem mais por aí!

– Vi em uma entrevista sua, falas pontuais sobre superação, para o G1 você chegou a citar ‘O mundo é dos lutadores’, e conversando com outros músicos vi que alguns seguem essa linha de pensamento. Você consegue identificar algumas referencias musicais suas que tenham essa mesma visão, e que te servem de inspiração?
Duda: Consigo, sim. A Kali Uchis é uma grande referência minha que eu acho que tem a mesma visão. É uma moça que sofreu de amor; o primeiro álbum dela é totalmente sofrido, e depois ela vai ficando mais animada com a vida. Então eu acho que a Kali Uchis tem uma superação amorosa bem parecida com a minha.


– Falando um pouco sobre o Festival Sarará que acontece nesse final de semana, fiquei sabendo que você vai participar da gravação do Podcast Tropical Transforma, que vai abordar a nova cena da música brasileira. Queria que você contasse um pouco sobre como surgiu o convite e também, como você enxerga a forma com que esses novos sons nacionais podem servir de inspiração não só pra ti, mas para as pessoas que guardam um pouco do tempo para conhecer coisas novas, uma vez que muitas vezes as pessoas estão habituadas com o que já está na grande mídia.
Duda: Esse convite da Devassa para fazermos o show e o podcast foi lindo! Fiquei realmente feliz de ser vista pela marca, dentro desse projeto de nova música brasileira. É muito bom receber esse reconhecimento, e entender que esses novos sons estão transformando, como o nome do projeto. É algo que eu realmente acredito. O país nunca viveu um momento tão fértil da música, com tanta gente boa acontecendo. Enfim, cada vez admiro mais os artistas ao meu redor, e eu acho que estamos num momento de muitas coisas boas. Tem muita gente legal surgindo, e eu acho muito legal as pessoas que procuram ouvir coisas novas e não só o que está na grande mídia. E eu sou essa pessoa, que toda vez que lançam coisas novas eu vou atrás, quero saber.

- PUBLICIDADE -

– No final do mês que vem acontece o Prêmio Multishow 2019, e você foi indicada na categoria ‘Experimente’. Como foi pra ti essa indicação, você já esperava? Qual foi a sensação e como você recebeu essa notícia?
Duda: Não esperava. Na verdade eu esperava a indicação de grande júri, mas não indicação popular. Para mim essa foi uma grande surpresa e, aproveitando, votem em mim, ahahaha. Estou superfeliz com essa indicação maravilhosa. Quando eu recebi a notícia, foi por carta, e eu estava viajando. Quando cheguei, a carta estava em cima da minha cama, escrito que eu tinha sido indicada. Foi muito emocionante!

– Ainda falando um pouco sobre a premiação, todos os nomes que concorrem contigo, possuem um repertório de músicas que puxam para esse lado mais romântico com uma pitada de sofrência, claro que cada um da sua respectiva forma e estilo. Você consome músicas dos artistas que estão concorrendo contigo na categoria? O que acha deles?
Duda: Eu amo os artistas que estão concorrendo comigo na categoria. Jão é um cara que eu amo demais! Eu acho ele incrível, todo mundo brinca que ele é o rei da sofrência pop e eu a rainha ahahaha, então acho que eu não poderia ter um concorrente melhor. A Malía eu também amo muito, e ela está super se sobressaindo no cenário. Acho até que se a gente pudesse dividir esse prêmio entre todo mundo seria o ideal, porque todos são incríveis! Estou superfeliz de estar concorrendo com essas pessoas que são talentosíssimas! E me sinto honrada por estar concorrendo com elas.

– Pra finalizar: O que podemos esperar da Duda Beat ainda em 2019, e você já está com planos de lançamentos e projetos para 2020?!
Duda: 2019 terá muitos lançamentos de feats: com ATTOXXA, Clau , Lucas Santtana, além de uma mulher maravilhosa que eu não possa contar ainda; o DVD do Tiago Iorc, que foi uma honra eu participar. Também quero, para esse ano ainda, fazer umas músicas de acústico. Ano que vem é disco novo, estou totalmente focada nisso.

– Gostaria de deixar um recado para os leitores da Nação da Música?!
Duda: O meu recado é para escutarem músicas novas, artistas novos. Eles estão aí cheios de gás e talento, e acho que todo mundo tem que olhar para as pessoas que estão surgindo, porque elas são maravilhosas. As antigas são maravilhosas também, mas tem muita gente incrível surgindo por aí. Um beijo bem grande para todos no Nação da Música, e muito obrigada pelo trabalho lindo de divulgação de novos artistas que vocês fazem.

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Duda Beat, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!