O Paramore se encontra em processo de gravação do seu quarto álbum de estúdio, ainda sem título e data de lançamento, e resolveu revelar aos fãs como está sendo essa jornada.

Na rede social Buzznet, a líder Hayley Williams falou mais sobre uma das faixas, “Daydreaming”, que criou-se a partir da fusão musical da banda com o baixista Justin Meldal-Johnsen, do Beck e do Nine Inch Nails.

Hayley ainda comenta sobre o caminho que o álbum está seguindo.  Será uma obra mais alegre – se comparada aos discos antigos – e isso se dá porque houve uma mudança em seu humor. Ela diz que está rindo das coisas com mais facilidade do que quando escreveu o “Brand New Eyes”, último trabalho da banda, aos 19 anos. Segundo a cantora, as canções mais sérias do novo disco parecem menos problemáticas e intensas, e todas foram inspiradas musicalmente na personalidade que os instrumentos capturam. Para ela, é isso que constrói o novo som que estão fazendo, o que estão criando.

Por mais definido que o álbum esteja, eles só gravaram uma canção até agora com participação do Justin. Hayley conta que esses momentos foram os mais relaxados, libertadores e inspiradores que já tiveram ao gravar. Ela diz que toda a banda é muito fã do trabalho do baixista, tanto como músico quanto produtor, diretor musical e compositor. Ele é bom em tudo o que faz e age humildemente em todas as suas funções.

Recentemente, a cantora deu entrevista a NME e declarou que tem escutado muito o grupo Alabama Shakes. Sua paixão pela arte musical surgiu ao ouvir artistas antigos da Motown, como o The Temptations. Hayley explicou que sua adoração pelo Alabama Shakes se deve ao fato de fazerem canções de vibrações meio rústicas, e acha isso ótimo.

Enquanto esperamos ansiosamente por alguma prévia do novo CD, confiram o vídeo de seu último single, “Monster”:

- PUBLICIDADE -