Mais uma semana começando no The Voice e dessa vez em uma nova etapa: os knockouts. Na última segunda-feira (02) vimos o início dos knockouts, fase onde os candidatos podem escolher a música que irão apresentar para conquistar o seu técnico e permanecer no time.

A novidade desta temporada ficou por conta de dois fatores: os técnicos contam com a ajuda de vencedores das temporadas anteriores e um novo botão foi adicionado, permitindo que os técnicos, além do candidato que escolheram, salve apenas um participante de seu próprio time.

Team Blake: Jaclyn Lovey vs. Kyla Jade

Jaclyn fez uma boa apresentação com “Put Your Records On”, que combina com a simplicidade e delicadeza de sua voz. A jovem tem um tom muito comum entre cantoras indie e talvez, o que não tenha a favorecido foi justamente ir contra Kyla, que possui uma grande voz e fez uma performance bem maior de “You Don’t Own Me”. No fim, Blake optou por Kyla e Jaclyn deixou o programa.

Os vídeos oficiais dos Knockouts não foram disponibilizados.

Team Kelly: Justin Kilgore vs. Kaleb Lee

Justin escolheu “Shameless” – uma canção um tanto quanto complicada – e conseguiu uma apresentação morna. O que se pode dizer é que sua dificuldade em executar as notas era perceptível, o que gerou um certo desconforto de sua parte no palco. Já Kaleb optou por “Free”, e se mostrou bem mais em controle de sua performance, o que fez com que Kelly o escolhesse.

Team Adam: Jackie Foster vs. Mia Boostrom

Jackie foi sábia ao escolher “Bring Me to Life”, pois além de ser uma canção que não é apresentada com frequência, ela consegue mostrar o que é capaz de fazer com sua voz. Mas Mia não ficou para trás e performou com extrema perfeição a música “Wade In The Water”, deixando os técnicos impressionados. A escolhida por Adam foi Mia, mas Jackie garantiu um lugar na equipe de Alicia Keys.

Team Blake: Austin Giorgio vs. Spensha Baker

Austin começou esse knockout cantando a música “Almost Like Being in Love”, trazendo uma sensação de performance dos anos 50. Enquanto Spensha, com “Broken Halos”, fez uma emocionante apresentação e mostrou que consegue diminuir o ritmo quando necessário. Levando em consideração o bom desempenho de ambos, Blake decidiu manter os dois ao usar seu botão.

Team Alicia: Johnny Bliss vs. Miya Bass

Johnny resolveu arriscar e cantar “Alive”, e obteve sucesso ao executar todas as notas altas com precisão e manter o nível altíssimo para sua concorrente. Miya, por outro lado, não foi muito bem ao escolher “Castle on the Hill” justamente pela canção não lhe dar oportunidade de mostrar seu talento. Como já era de se esperar, Alicia optou por Johnny.

Team Adam: Drew Cole vs. Jackie Verna

Para finalizar, Drew não fez uma escolha muito inteligente ao ir com “Slow Hands”, mas com sua autenticidade e originalidade, ele conseguiu dar um toque a mais na canção e se sair bem. Jackie apresentou “American Honey”, e surpreendeu Adam ao mostrar do que é capaz. O técnico ficou dividido e acabou mantendo os dois em seu time.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.