Foo Fighters: Taylor Hawkins escolhe 5 músicas que gostaria de ter feito

Durante entrevista com a Rolling Stone, divulgada nesta sexta-feira (17), o baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, aproveitou para escolher suas cinco músicas favoritas de todos os tempos e que ele gostaria de ter escrito.

A primeira escolhida foi “The Air That I Breathe”, do The Hollies, em que ele diz ser “uma das músicas mais bonitas de todos os tempos”, e ainda comenta a semelhança entre ela e o clássico do Radiohead “Creep”.


Na sequência veio “Synchronicity II”, autoria do The Police: “Eu adoro como a música conta uma história de como o simples cotidiano pode te deixar louco. Eu acho que nesse ponto Sting estava como ‘Eu não quero mais ser parte de uma banda’”, comenta o baterista, finalizando ainda ao dizer que pessoas como Sting e David Bowie não são “caras de banda”.


Taylor escolheu também “Pigs in Zen”, do Jane’s Addiction, do qual lembra de ouvir no rádio quando “a música estava ficando meio boba em termos de rock n roll”, e ainda elogia a banda por trazer de volta o “cérebro” ao hard rock. “Eu lembro de pensar, ‘tem mais nisso, não tem? Ele não está falando apenas de porcos’. Te fazia pensar”.


“We Will Rock You”, clássico do Queen, também foi escolhida pelo baterista, que ainda mostra sua admiração pelo guitarrista Brian May por ganhar 5 milhões de dólares no ano com apenas essa música. “Eu acho que é uma daquelas coisas que você tem acreditar para entender”.


Por último, Hawkins escolheu “So Real”, do Jeff Buckley: “Eu queria poder cantar como ele. Eu amo a voz daquele cara”, comenta Taylor, que ainda lamenta a morte prematura do cantor e a forma como muitos passaram a conhecer seu trabalho após isso.


Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Foo Fighters e o Taylor Hawkins e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

VIARolling Stone
COMPARTILHAR
Juliana Izaias

Prefere ser chamada de Ju, estudante de jornalismo, apaixonada por música, festivais, seriados, gatos e Arctic Monkeys.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!