Mad Monkees faz forte crítica política em seu novo single “7”

A banda Mad Monkees lançou na última quinta-feira (4) o seu mais novo single intitulado “7”, acompanhado de um vídeo. A música foi gravada na Klaus Haus Studio, em São Paulo e foi composta pelo vocalista e guitarrista Felipe Cazaux. A canção “7” contém forte característica do grupo, que é fazer criticas a sociedade moderna, trazendo essa característica para o Brasil, o quarteto crítica na música, o atual cenário político brasileiro. Em nota, os músicos contaram que “7” tem um analogia direta aos 7 pecados capitais.

“Não podemos nos calar nesse momento. Temos voz como todos os brasileiros”, comentou PH Barcellos, baterista do grupo. “7” é o segundo single lançado pela Mad Monkees em 2018, precedido por “Are You Going Mad?”, ambas fazem parte do novo disco, ainda não intitulado que tem previsão de lançamento para o final deste ano.

No vídeo podemos observar fortes críticas políticas e sociais, que começam a ser vistas no início com pequenos recortes de imagens de manifestações e protestos. Temos também forte crítica ao regime militar, boa parte das cenas ilustram a realidade do militarismo. Umas das partes mais fortes são as passagens de imagens pelo Museu Nacional em chamas. O vídeo também faz crítica a Marco Feliciano, Eduardo cunha, Sérgio Moro e Jair Bolsonaro.

Os cearenses da Mad Monkees estão na estrada desde 2015. Seu disco de estreia com o mesmo nome do quarteto, foi lançado em 2017, foi gravado na capital paulista, e masterizado em Nova York, nos Estados Unidos. O disco “Mad Monkees” contém 10 faixas autorais. O grupo é formado por Felipe Cazaux, Hamilton de Castro, Capoo Polacco e PH Barcellos.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Mad Monkees, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Assista o vídeo de “7” no começo da publicação.