The Voice
Foto: Youtube.

Nesta segunda-feira (08), no The Voice, conhecemos mais alguns candidatos que entraram na jornada em busca do grande prêmio. Veja abaixo tudo o que rolou nesse episódio.

Começamos o programa com o duo OneUp. Com uma bela performance de “Could It Be I’m Falling In Love”, eles não apenas coordenaram as vozes como também os movimentos. Enérgicos, foi uma pena que os técnicos não tenham visto tudo do início, mas não demorou muito para que Blake, Jennifer e Kelly se virassem. Pontuar alguns problemas de afinação e prometer trabalhar neles foi o suficiente para que Clarkson levasse a dupla ao seu time.

Natalie Brady, de 33 anos, chegou com o pé na porta, e ao som de “Barracuda”, fez uma apresentação e tanto. Adam fica encantado de imediato, e influenciada por sua empolgação, Jennifer decide tentar a sorte também. Infelizmente não deu para JHud e Natalie foi direto para o Team Adam.

Mike Parker resolveu cantar a música “So Sick” em sua audição. Essa talvez não tenha sido uma boa escolha justamente por ser uma canção tão genérica. Mike, porém, tem talento e uma boa voz, o que foi suficiente para que Jennifer se virasse.

Joey Green, de 35 anos, levou toda a sua atitude ao palco do The Voice com “Baba O’Riley”. Blake, como já era de se esperar, virou sua cadeira, e Jennifer foi junto em uma tentativa arriscada. Joey foi com a escolha óbvia e segura e escolheu Shelton.

As primeiras notas de “Come And Get Your Love”, performada por Zaxai, foram suficientes para que Jennifer apertasse seu botão. Segundos depois, Kelly também se virou, mas teve uma surpresa: estava bloqueada. O resultado, então, não poderia ser diferente e Zaxai se tornou um integrante do Team JHud.

- PUBLICIDADE -

Por mai que seja um hit atual, Erika Zade poderia ter escolhido uma canção melhor que “New Rules”. Ela tentou abordar a canção de uma maneira um pouco mais original, o que parece ter funcionado, já que conseguiu uma vaga no Team Kelly.

Jarred Matthew, de 31 anos, encantou com uma versão de “Tired Of Being Alone”. Era perceptível que ele estava nervoso e se esforçando para segurar a onda da canção, que não é fácil, mas foi uma boa performance. Adam e Blake disputaram, e Levine saiu ganhando.

Na sequência vimos Colton Smith, de 21 anos. Cantando “Alive”, ele mostrou seus ótimos vocais e comandou a apresentação com leveza, certo do que estava fazendo. Somente Jennifer virou sua cadeira.

Kayley Hill, de 28 anos, foi mais um artista country a tentar a sorte no The Voice. Com “Gold Dust Woman”, surpreendentemente Blake foi o único a virar sua cadeira. Essa, na minha opinião, foi uma daquelas performances que faz a gente se perguntar o porquê não teve o reconhecimento que merecia.

- PUBLICIDADE -

Por fim, tivemos Kirk Jay, de 22 anos, e toda a sua emoção ao performar “Bless The Broken Road”. Foi uma bela apresentação, onde não houveram exageros ou falsetes intermináveis para chamar a atenção dos jurados. Com toda a sua qualidade, os quatro mentores se viraram e Blake conseguiu captar Kirk para sua equipe.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.