The Voice
Foto: Youtube.

Mais uma noite de audições no The Voice nesta terça-feira, com os mentores cada vez mais exigentes, já que os times estão enchendo. Confira abaixo como foram as apresentações:

O programa começou com a apresentação de Celia Babini, de 17 anos, que subiu ao palco para uma performance de “idontwannabeyouanymore”. A jovem viu as quatro cadeiras se virarem ao longo de sua performance e optou pelo Team Adam.

Em seguida, Cecily Hennigan subiu ao palco para apresentar “Foolish Games” e assim como a performance mediana que pudemos ver, somente Blake virou sua cadeira.

Kalvin Jarvis chegou com toda a coragem que é necessária para interpretar a canção de um dos mentores, que neste caso foi John. Com “A Big Night”, Kalvin conseguiu chamar a atenção de Kelly e Adam, mas optou seguir com o time de Levine.

Com sua voz suave e jeito tímido, porém profundo, David Owens escolheu a bela “I Can’t Make You Love Me”. A performance não teve nenhum grande momento de destaque, mas foi simples e sólida, conquistando Kelly no último minuto, literalmente. Acredito que os dois irão trabalhar bem e esse talvez seja um rosto que vejamos bastante ao longo da competição.

Presley Tennant, de 16 anos, cantou “Stone Cold”, e por mais que tenha sido afinada, não vi nenhum diferencial que a destacasse. Kelly Clarkson foi a única a apertar seu botão, conquistando a jovem automaticamente para seu time.

- PUBLICIDADE -

Em seguida vimos Rod Stokes com sua voz forte e ótima escolha musical, com “To Love Somebody”. Seu tom grave foi um grande adicional à canção que por si só já é bem emocionante. John, Adam e Blake se viraram, mas o participante optou por Shelton.

Adam e Kelly se enfrentaram novamente, desta vez por Andrew Jannakos, que encantou os técnicos com “Beautiful Crazy” e sua forte influência country. Após diversos argumentos, Andrew seguiu com Levine.

Com apenas 16 anos, Kayslin Victoria exalou confiança com sua versão do hit “Feel It Still”. Divertida e leve, a apresentação chamou a atenção de John e Kelly, e a jovem escolheu Legend como seu mentor.

E para encerrar a etapa das audições às cegas, tivemos Jackson Marlow com seu coutrny old school com a música “Troubadour”. Novamente, somente Clarkson virou sua cadeira e levou automaticamente o participante para seu time.

- PUBLICIDADE -
Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem The Voice, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!