Troye Sivan é um adolescente cotidiano em vídeo de “Wait”, com Gordi

Troye Sivan
Foto: Divulgação

O australiano Troye Sivan soltou seu último single, “Angel Baby”, em outubro do ano passado, 2021, sobre o qual você pode ler aqui na Nação da Música, e nessa quinta-feira (24), o cantor volta com uma nova música. “Wait” é uma parceria com a artista Gordi, que já apareceu no álbum “Bloom” de Sivan, e vai estar na trilha do filme “Three Months”.

O vídeo, que foi lançado junto da canção, mostra cenas de Troye Sivan em seu papel como o protagonista da trama, Caleb, um adolescente no último ano do ensino médio, cuja vida muda quando é exposto ao vírus HIV.

- ANUNCIE AQUI -

“Three Months” é um dos poucos filmes dos quais Troye Sivan participa como ator, seguindo, por exemplo, o aclamado e sentimental longa-metragem “Boy Erased”, lançado em 2018, no qual atua como um dos amigos do protagonista, que se encontra em uma clínica de terapia de conversão gay.

No player ao fim dessa matéria, você pode conferir o vídeo de “Wait”, de Troye Sivan e Gordi, o novo single parte da trilha sonora do filme “Three Months”.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Troye Sivan, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Pedro Paulo Furlan
Pedro Paulo Furlan
Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.