J Balvin, Carlos Vives, Sebastián Yatra e mais: 15 artistas da Colômbia

J Balvin
Foto: reprodução
- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Muito se tem discutido sobre a ascensão da Colômbia entre os destaques da indústria latina nos últimos anos, e é inegável que grande parte dos talentos que temos consumido ultimamente têm raízes colombianas. Nomes como J Balvin, Sebastián Yatra, Maluma, Juanes, entre diversos outros estão cada vez mais dominando os charts e as listas de premiações.

- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Embora as vertentes urbanas estejam se expandindo cada vez mais no cenário internacional, principalmente na América do Norte, é completamente equívoco reduzir a música latina a esse gênero, e a arte vinda da Colômbia é uma das provas disso. Com influências típicas da cultura de seu país, somada a cultura de seus colonizadores, o país tem como representante típico a Cumbia. Entretanto, esse ritmo é envolto em centenas de outros gêneros e subgêneros, a exemplo do Porro, do Vallenato e da Champeta.

- PUBLICIDADE -

Dançante, regado de acordeão, de flautas, e ideal para quem gosta do sentimento agridoce de sofrer com a composição ao passo que “baila” com a melodia, um fiel representante da música folclórica citada acima é Carlos Vives. Quinze vezes ganhador do Grammy Latino e duas vezes ganhador do Grammy Awards, ele faz um som extremamente original e cativante, e ao misturar diversos gêneros, ele foi pioneiro na criação de outras vertentes. Um de seus grandes hits, chamado “Volví a Nacer”, é constantemente escutado em festas de casamentos por lá.

- PUBLICIDADE -

Por mais que “Despacito” do Luis Fonsi seja popularmente definida como puramente reggeaton, uma curiosidade relevante é que, na verdade, a inspiração musical dessa canção pode ser inserida nas vertentes criadas por Carlos Vives, como o próprio cantor chegou a explicar.

- PUBLICIDADE -

Outro excelente exemplo da diversidade musical é J Balvin, que no próximo dia 10 lança o álbum que traz no título o seu nome de batismo, “JOSE”. No início de sua carreira, se aventurou nas influências do rock, do rap, e seu disco de estreia chegou a receber certificado de ouro na Colômbia. Nos últimos anos se estabeleceu como um dos maiores representantes da música urbana, e é dono de hits como a aclamada “Ginza”.

É impossível falar da música colombiana sem reconhecer os feitos alcançados pela cantora, compositora e multi-instrumentista Shakira. Com uma estrela na calçada da fama Hollywoodiana e com uma carreira que inclui o mercado de língua inglesa, a artista chegou a entrar na lista de músicos recordistas de vendas a nível mundial e é constantemente reconhecida como uma das rainhas do pop latino.

- PUBLICIDADE -

Vencedor do programa de talentos Factor XS, o cantor e compositor Camilo vem ganhando as graças do público nos últimos anos com sua mistura de pop latino com pegadas urbanas e colaborações muito acertadas. Recentemente, gravou “KESI” com Shawn Mendes, e colocou o canadense para cantar em espanhol pela primeira vez.

Com clara referência à banda britânica, Los Rolling Ruanas é um grupo que traz a essência colombiana em suas canções. Com instrumentos típicos da Carranga, os integrantes têm em sua página do YouTube diversos covers bem autênticos do Beatles e do próprio Rolling Stones.

- PUBLICIDADE -

Além dos que foram mencionados ao longo desse texto, criamos uma playlist no Spotify contendo diversas canções de outros artistas que trazem em sua sonoridade a pluralidade da Colômbia, a exemplo de Andrés Cepeda, Morat, entre outros. Para ouvi-la, basta clicar no player que está localizado ao final dessa publicação.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam J Balvin, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui. Se possível, siga nosso perfil no INSTAGRAM para acompanhar nossas novidades, clicando aqui.

Jornalista apaixonada por palavras, cultura e entretenimento.