TitãsNo dia 06 de setembro, a DC Universe começou a transmitir a segunda temporada da série “Titãs”, sendo cada episódio escrito e dirigido por pessoas diferentes, como Richard Hatem, Tom Pabst, Glen Winter, Nathan Hope, entre outros. A atração será exibida na Netflix posteriormente.
O elenco conta com diversos nomes já conhecidos das edições anteriores, tendo entre eles Brenton Thwaites (“Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar” e “Oculus”), Anna Diop (“Message from the King” e “Us”), Teagan Croft (“Home and Away” e “Science Fiction Volume One: The Osiris Child”), Ryan Potter (“Big Hero 6” e “Running for Grace”), Curran Walters (“Fam” e “Too Close to Home”), Conor Leslie (“Shots Fired” e “Other Space”), Alan Ritchson (“Blue Mountain State” e “Teenage Mutant Ninja Turtles”) e Minka Kelly (“The Roommate” e “500 Days of Summer”). Ainda, possui alguns outros estreantes, como Joshua Orpin (“The Neon Spectrum” e “Preacher”), Chelsea T. Zang (“As Vantagens de Ser Invisível” e “Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer”) e Esai Morales (“Jericho” e “Ozark”).

O enredo continua com a história dos Titãs e sua formação composta pelo líder Dick (Thwaites), Estelar (Diop), Ravena (Croft), Mutano (Potter) e Jason Todd (Walters), reunidos em sua nova residência, chamada de Torre dos Titãs. Se juntam a eles os já conhecidos Donna Troy (Leslie), Rapina (Ritchson) e Columba (Kelly), cada um tentando viver sua vida normalmente. Porém, suas vidas pessoais e inimigos antigos acabam surgindo, fazendo com que eles enfrentem problemas e novos inimigos. Porém, encontram novas faces amigáveis que seguirão como um reforço, mas recebem a vinda de um inimigo em comum, chamado de Exterminador (Morales).

Para criar um clima que mistura ação, comédia e os dramas vividos pelos heróis, a trilha sonora se mostra muito importante. Sendo assim, confira 4 canções presentes durante os episódios.

“Rock the Casbah” – The Clash

Lançada em 1982 como um single, a canção figura posteriormente no quinto álbum da banda, chamado “Combat Rock”.

Levando o punk rock tradicional a um estilo mais diverso, os ingleses preparam uma sonoridade composta de um piano logo no início, inundado por um baixo envolvente, guitarras, bateria e diversas outras percussões, complementados pela voz forte de seu vocalista.

- PUBLICIDADE -

A faixa recebeu um videoclipe oficial dirigido por Don Letts, gravado no Texas. Nele, alternam-se cenas do grupo tocando e outras de uma história cinematográfica.

Um filme israelita de 2012 utilizou o mesmo nome da música, devido ao seu sucesso e legado no país.

Ela está presente no segundo episódio da série.


- PUBLICIDADE -

“The Night Is Still Young” – Nicki Minaj

Lançada em 2014, está presente no terceiro álbum de estúdio da rapper, chamado “The Pinkprint”.

Iniciando-se com batidas eletrônicas junto de alguns samples de fundo, ganha ritmo com a entrada de outras sonoridades, como uma guitarra distorcida. Logo, é bombardeada pelo ritmo dupset, com beats mais espaçados, apostando no grave. Minaj começa com rimas aceleradas, mas na presença do refrão desacelera, com cantos mais melódicos.

Ganhou um videoclipe oficial em 2015, dirigido por Hannah Lux Davis, apostando em diversas cenas de festas e felicidade, acompanhados de cores vivas e reluzentes.

Está presente no quarto episódio da série.

- PUBLICIDADE -


“Burn It to the Ground” – Nickelback

Sendo uma das músicas mais pesadas da banda, foi lançada em 2008 para compor seu sexto álbum de estúdio, chamado “Dark Horse”.

Inicia-se com guitarra (sendo responsável por um solo posteriormente), bateria e baixo que se casam dando um efeito pesado para a canção, liberando caminho para a voz rouca e rasgada de Chad Kroeger, algumas vezes acompanhada de backing vocals, principalmente no refrão.

Ganhou um videoclipe oficial em 2009, mostrando a apresentação do grupo na Arena 02, em Londres. Devido ao seu sucesso, é/foi utilizada em diversos locais, como no filme “Transformers: Revenge of the Fallen”, na exibição WWE Raw deste mesmo ano, além de diversos times da NFL e, também, NHL.

Está presente no quinto episódio da série.


“The Payback” – James Brown

Lançada em 1973, é o título principal do álbum homônimo do artista, seu 37° de estúdio.

Contando com o funk tradicional do músico, é tomada por guitarras, instrumentos de sopro (saxofones e trompetes), bateria e baixo evidente, fazendo com que sua junção fique extremamente dançante. James canta com frases espaçadas e bastante força, executando algumas mudanças de tom e puxadas durante a canção.

É muito presente na cultura popular, como nos filmes “Untouchable”, “Django Unchained”, “When We Were Kings” e “How High”, além dos seriados “Todo Mundo Odeia O Cris”, “The Wire” e “The Blacklist”. Adicionalmente, figura na trilha sonora do jogo “GTA: San Andreas”.

Está presente no quarto episódio da série.


Ainda não viu nada sobre o lançamento da nova temporada da série e quer conhecer um pouco mais? Veja o trailer logo no final da notícia!

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Titãs, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!