rock in rio

Faltam menos de 20 dias para a edição histórica de 30 anos do Rock In Rio. E depois da Nação da Música já ter preparado o que podemos esperar do show de abertura do festival, em comemoração às três décadas de existência, nós também iniciamos o aquecimento para as noites do RIR. A primeira noite, 18 de setembro, já recebeu duas matérias especiais – uma para o Palco Mundo e outra para o Palco Sunset.

Agora chegou a vez de aquecer para a segunda noite do Rock In Rio no Palco Mundo.

#Gojira

Quem abre a segunda noite do Rock In Rio é o grupo Gojira, que se intitulava Godzilla entre 1996 e 2001. A banda francesa de death metal progressivo retornam ao Brasil para sua primeira apresentação no festival – eles já haviam se apresentado no país há dois naos, no festival Monsters of Rock. Além disso, também está agendado um show em São Paulo, um dia após sua performance no Rock In Rio na noite de 19 de setembro.

Já tendo sido considerada uma das bandas que garantirão o futuro do rock mundial, a Gojira é bastante lembrada por suas letras. Muitas das composições focam em temas ecológicos e problemas ambientais, como já podemos perceber no seu primeiro disco “Terra Incognita”. O primeiro álbum traz faixas como “Love”.

- PUBLICIDADE -

Outras canções que merecem um aquecimento é são “Vacuity”, “All The Thears”, “L’Enfant Sauvage” e “Born In Winter”. As duas primeiras fazem parte do disco “The Way All You Fless” (2008), já as duas últimas do álbum “L’Enfant  Sauvage” de 2012.

#Royal Blood

Quem também garante presença na segunda noite do festival são os semi-novatos Royal Blood. O duo britânico de rock se apresenta pela primeira vez no Rock In Rio, e divulga seu álbum lançado em agosto do ano passado. O disco homônimo alcançou o primeiro lugar das paradas nos Reino Unido rapidamente, além de impulsionar a banda no cenário global.

Ainda é difícil escolher cinco das músicas do “Royal Blood”, contudo o grupo já divulgou alguns videoclipes que podem nos ajudar a fazer essa peneira. Inclusive, nós já falamos sobre a videografia do Royal Blood em um post especial. Confira aqui.

- PUBLICIDADE -

#Mötley Crüe

Em turnê de despedida, o Mötley Crüe garantiu uma última apresentação no Brasil. A terceira banda a se apresentar no Palco Mundo na segunda noite do Rock In Rio traz experiência de mais de 30 anos no heavy metal. A banda é bastante lembrada pelo estilo de vida dos integrantes, já que todos tem passagens pela polícia devido ao vício em bebidas e drogas.

Logo no íncio da carreira o Mötley Crüe já lançava grandes hits. Em seu segundo álbum, “Shout at the Devil” (1983), eles apresentaram as faixas “Looks That Kill”, “Ten Seconds To Love” e “Too Young To Fall In Love”, por exemplo. Mas o apogeu da fama se deu entre 1984 e 1991, quando o Motley Crue divulgava os discos “Theatre of Paim” (1985) e “Girls, Girls, Girls” (1987). Após uma overdose do vocalista, chega o álbum “Dr. Feelgood” (1989) com o grande cássico “Kickstart My Heart”.

Na “The Final Tour” o grupo ainda deve trazer sucessos do álbum mais recente, gravado após o retorno do grupo em 2004. O álbum “Saints of Los Angeles” (2008) traz 13 faixas.

#Metallica

- PUBLICIDADE -

Pela terceira vez seguida o Metallica participa do Rock In Rio. A banda de heavy metal esteve presente nas edições realizadas em 2011 e 2013, enquanto atração principal. Isso se repete em 2015, já que o Metallica é o show principal da segunda noite de Rock In Rio 30 anos.

Dentre as faixas mais icônicas, bem que podia rolar a instrumental “Anesthesia (Pulling Teeth)”. Infelizmente o baixista responsável pela canção, Cliff Burton, faleceu em turnê pela banda. Mas ele com certeza ajudou o Metallica a estrear, sendo um dos pioneiros a inserir o instrumento no heavy metal.

Além dessa, também temos que aquecer ouvindo a clássica “Nothing Else Matters”, além de outros grandes hits – inclusive eleitos pela revista NME – “One”, “Enter Sandman” e “King Nothing”.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Rock In Rio e da Nação da Música.