FresnoHá dez anos, em 2008, o quarto álbum de estúdio da banda Fresno era lançado, sucedendo o “Ciano” que havia sido liberado dois anos antes.

O disco é um dos principais do grupo e possui singles que marcaram a época, como “Polo”, “Desde Quando Você Se Foi” e “Alguém Que Te Faz Sorrir”. O álbum foi feito pela Universal Music, conquistou o certificado de disco de ouro e ficou marcado pela mudança de estilo que a banda passou.

Em entrevista ao portal Terra publicada em abril de 2008, Lucas Silveira contou sobre o processo de evolução. “Esse disco quer romper e mostrar “galera, não somos uma banda de hardcore há muito tempo” e por preguiça as pessoas não sabem. O preconceito é fruto da preguiça e da desinformação. Às vezes a pessoa que ouvir um disco desses sem a capa pode gostar. Esse preconceito quase sempre acaba quando a pessoa vai ao show, ouve a banda ou conversa com os membros”, falou o vocalista.

Já Rodrigo Tavares falou que não era algo para renegar o que tinham feito antes. “Nós não queremos romper com o passado. Somos adultos agora. Mudamos um pouco, somos músicos e compositores diferentes, com ideias diferentes. Deixamos essa mudança clara, mas não queremos esquecer nosso passado, ele é sempre gratificante”, contou o guitarrista.

Depois disso, os gaúchos ainda lançaram outros três discos: “Revanche” (2010), “Infinito” (2012)” e “A Sinfonia de Tudo Que Há” (2016). Ouça abaixo o álbum “Redenção”:


- PUBLICIDADE -

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte ”Fresno”, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Relembre “Polo”, pelo player do YouTube, abaixo: