Dead Fish: Diretor do novo clipe conta que eles quase foram presos

Foto: Allison Ribeiro / Nação da Música.

O Dead Fish finalmente divulgou nessa sexta-feira (07) o aguardado clipe de “Sausalito”, que teve suas gravações divididas entre Brasil e Estados Unidos, mas não foi fácil finalizar esse vídeo.

Quem assina a direção do trabalho é o Derick Borba, que também é responsável pelo projeto ‘Gravando Bandas Tour’, e ele contou pra Nação da Música como que eles foram fazer a gravação lá na gringa: “A gravação desse clipe foi bem legal, mas também foi bem demorada. Um ano atrás, eu e o Rodrigo fomos pra São Francisco, a gente pagou a nossa própria passagem pra viabilizar a ideia do clipe, a gente ficou na casa do meu irmão lá, ficamos uma semaninha, e gravamos em Alcatraz, gravamos em Sausalito mesmo, gravamos na Golden Gate, vários pontos turísticos que falavam da música. E como foi só eu e ele, eu tive que fazer direção, iluminação”.

Mas alguns imprevistos rolaram no meio do caminho, e os caras quase acabaram presos duas vezes em Alcatraz, já que lá é proibido qualquer tipo de filmagem. “Em Alcatraz foi bem engraçado que a gente quase foi preso, duas vezes, e foi até engraçado né, ‘ser preso em Alcatraz porque não podia filmar’. E ai não podia gravar lá, a gente quase foi preso, teve que ir pra uma salinha, explicar pro guarda que não ia vender, que não era imagens com fins lucrativos, só pra um trabalho de curso, e ai deu tudo certo no final. (…) Mas foi real mesmo, se você pedir autorização pra filmar lá, os caras não deixam você nem entrar, então eu tive que levar as coisas em duas mochilas, hora que a galera se distanciava um pouco, os guardinhas, a gente falava ‘vai, vai, vai’, ai montava as coisas rápido pra poder gravar, e foi bem tenso”, conta Borba.

Após a gravação em São Francisco eles retornaram pra fazerem as imagens com a banda completa e então começar o processo de edição, de juntar os dois registros na mesma velocidade da música: “Nesse ano a gente gravou as imagens da banda, no meio do ano mais o menos, e foi bem na época que eu quebrei o pé, mas mesmo assim a gente não deixou de gravar as imagens, a gente gravou imagens com a banda inteira, e nos últimos meses a gente vinha montando e finalizando o clipe, porque juntar as duas imagens de tempos diferentes, pra ter um clima legal no clipe, em uma velocidade boa, foi meio difícil”.

E a gente montou a historinha ali, do cara estressado no trabalho, com umas imagens bonitas de São Francisco, do Golden Gate e do Alcatraz, caprichamos também na cor, pra entregar isso da melhor maneira possível. E o maior objetivo que a gente tem sempre é valorizar a cena que a gente vive, eu vivo na cena do hardcore então por que não fazer um puta trabalho no meio que eu vivo (..) então tô bem feliz com o feed back da galera, todo mundo falando super bem do clipe, e é um videoclipe muito sincero, que tem muita verdade, e que eu me orgulho muito de ter feito parte”, finaliza Derick.

O trabalho foi grande e a banda ainda mandou aquele recado lá no Facebook pra quem duvidou que o clipe sairia. “Sausalito” faz parte do álbum “Vitória”, lançado em 2015.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte o Dead Fish, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram. Confira o resultado final no clipe de “Sausalito”:

COMPARTILHAR
Juliana Izaias
Prefere ser chamada de Ju, estudante de jornalismo, apaixonada por música, festivais, seriados, gatos e Arctic Monkeys.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!