Entrevistamos Dennix sobre novo disco “Sweet Dreams”

dennix
Foto: Divulgação
- PUBLICIDADE -
Nação da Música

O músico Dennix, uma das referências do Synth Pop no Brasil, lançou no dia 15 de abril o disco “Sweet Dreams” pelo Midas Music, com 14 faixas no total, sendo 2 inéditas, 6 remix voltados para pista e 6 singles próprios lançados nos últimos 18 meses.

- PUBLICIDADE -
Nação da Música

A Nação da Música entrevistou o artista sobre o processo criativo do álbum, com quem ele gostaria de colaborar no futuro e também dicas para quem deseja entrar no mundo da música.

- PUBLICIDADE -

Entrevista por Marina Moia.

- PUBLICIDADE -

—————————- Leia a íntegra:
Obrigada por responder às perguntas da Nação da Música! Dennix, você lançou o disco “Sweet Dreams” no dia 15 de abril. Como está sendo este período pós-lançamento para você?
Dennix: Estou muito animado porque o resultado deste trabalho ficou realmente incrível. Espero que as pessoas escutem e tenham essa mesma impressão. E a repercussão mesmo nesse pouco tempo de lançamento tem sido muito boa.

- PUBLICIDADE -

Como foi o processo criativo deste álbum? A pandemia e o isolamento social influenciaram e/ou afetaram a sua criatividade e o seu estilo de composição/gravação?
Dennix: As composições começaram meses antes da pandemia, portanto, ela acabou tendo pouca influência nesse sentido. Inclusive uma das faixas do álbum, a “Close to You” fala sobre os encontros na noite, nas pistas de dança, algo que para nós já é uma realidade relativamente distante. Apenas as faixas “Sweet Dreams” e “Bright Hearts” foram compostas posteriormente, durante a pandemia.

Além de artista, você também é professor de música e canto. Qual conselho você daria para quem deseja entrar no mundo da música, mas não sabe por onde começar?
Dennix: O primeiro passo é começar a estudar e se desenvolver, sejam estudos de canto ou qualquer outro instrumento. Só assim você saberá com clareza os seus objetivos na carreira a médio e longo prazo, e isso precisa ser considerado. Lembrando que uma carreira na música se constrói dia após dia, degrau por degrau, ao longo do tempo. Portanto, é preciso muita dedicação e persistência para seguir em frente e enfrentar todos os desafios que surgirem ao longo do processo. Em suma: você tem que realmente querer muito construir uma carreira na música porque não é fácil, não só no Brasil, mas em qualquer lugar.

- PUBLICIDADE -

Com qual artista ou banda você gostaria de colaborar no futuro?
Dennix: Ah, com muitos na verdade! Tenho aqui alguns sonhos de consumo da cena synthwave e pop internacional: The Midnight, TimeCop1983, Kalax, Diplo, Calvin Harris, Sam Smith, Dua Lipa e Madonna.

Agora que você já está com um disco novinho em folha nas plataformas digitais, o que mais podemos esperar de DENNIX em 2021?
Dennix: Se a pandemia permitir, um show de lançamento. Veremos os próximos passos do plano de vacinação. E se não for um show tradicional com platéia, quem sabe em um outro formato? De qualquer forma, teremos novidades.

- PUBLICIDADE -

Gostaria de deixar um recado aos leitores da Nação da Música?
Dennix: Ouçam “Sweet Dreams” porque o resultado deste álbum ficou realmente excepcional e para saber mais novidades e me conhecer um pouco mais, me sigam no Instagram e no TikTok, nos perfis @dennixoficial. Grande abraço a todos!

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Dennix, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -


Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui.

Marina Moia
Jornalista e apaixonada por música desde que se conhece por gente.