Entrevistamos Resa Saffa Park sobre novo EP e série “Ragnarok”

RESA SAFFA PARK
Foto: Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A cantora Resa Saffa Park está prestes a lançar o novo EP da carreira, chamado “Spaces”, no dia 18 de fevereiro. Para aquecer os fãs brasileiros, a norueguesa já divulgou alguns lyric videos com a tradução em português das músicas e, com exclusividade para a Nação da Música, trazemos no final da matéria o vídeo de “Tendencies” com letras em português.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

A Nação da Música também teve a oportunidade de bater um papo com Resa Saffa Park sobre as músicas que foram lançadas do EP, o que podemos esperar do trabalho e sobre os trabalhos de atuação dela, incluindo a série “Ragnarok”, da Netflix.

- ANUNCIE AQUI -

Entrevista por Marina Moia.
————————————— Leia a íntegra:
Obrigada por falar comigo hoje. Ano passado, você lançou “Candles” e “Dandelions”. Pode nos contar sobre a inspiração por trás dessas músicas?
Resa Saffa Park: “Dandelions” é uma música que eu escrevi porque eu estava passando por um coração partido, há muito tempo na verdade. Mas era uma coisa que se manteve, um sentimento que permaneceu em cada pensamento que eu tinha. Eu sentia a falta dele, mas eu pensei “preciso continuar fazendo as minhas coisas porque a gente não podia ficar junto agora”. Por muito tempo eu tentei me alienar falando “não pense nele, não pense nele, não pense nele!”. Por três anos! Foi aí que comecei a escrever sobre isso, que eu posso tentar ao máximo não pensar nele e fingir que estou trabalhando e 100% bem, mas eu não sou um robô. Não consigo controlar tudo. Às vezes eu só preciso falar como eu me sinto.

- ANUNCIE AQUI -

Já “Candles” é uma música sobre não confiar nas pessoas, não confiar no amor. Mesmo quando alguém tenta te conhecer melhor e você não deixa. Não deixo porque estou fechada e não sei bem dizer o porquê. Essa música não foi planejada na verdade. Eu fiquei muito pra baixo durante um período. Eu sentei no meu quarto e meu amigo, que mora na frente da minha casa, só tem um parque no meio, sempre me chamava para tomar café no sol nesse parque. Ele sabia que eu estava mal e sempre me convidava, mas eu respondia que eu não estava bem e queria ficar em casa. Comecei então a tocar meu violão e a música meio que se escreveu sozinha. Tudo veio naturalmente. Eu compus a música em uma hora e pareceu que tudo que eu estava sentindo passou para a música. Eu pensei “ok, isso foi bom” e então finalmente sai de casa para tomar café no parque.

- ANUNCIE AQUI -

“Candles” ganhou um videoclipe caseiro, então como foi gravar você mesma com seus amigos? Você gosta de dirigir, além de atuar?
Resa Saffa Park: Eu não fiz muito disso, mas eu tinha um blog quando eu era pequena que eu costumava postar meus próprios vídeos e eu sempre gostei muito de mexer com isso. Mas eu nunca trabalhei por trás das câmeras de fato profissionalmente, mas já fiz de um jeito amador. E é muito divertido! [O vídeo] Foi só uma ideia, não foi super elaborado. Eu só sabia que queria comprar uma câmera, filmar algumas coisas para o clipe e simplesmente ficou do jeito que ficou. Mas eu já fiz isso antes e eu na verdade estou participando da direção do novo videoclipe. Então, sim, é algo que eu talvez me interesse no futuro.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -

Em breve você vai lançar o seu novo EP “Spaces”. Pode nos contar o que esperar deste projeto e sobre como foi o processo criativo?
Resa Saffa Park: É um coleção de músicas sobre relações, sobre como nos relacionamos com pessoas diferentes em lugares diferentes. É sobre lacunas e perdas e tudo isso incorporado no espaço. Mas principalmente é um álbum da minha perspectiva e todas as músicas, tirando uma, são sobre o que eu sinto e sobre eu colocar esses sentimentos para fora. Não foi planejado cuidadosamente, então desta maneira ele é realmente muito pessoal. Exceto pela faixa “Who”, que foi bem planejada em termos de como eu queria escrevê-la e como ela deveria ser.

Sobre o processo criativo, são músicas que eu escrevi há tempos. A mais velha tem três anos e meio. Eu fiz uma demo dela no Soundcloud que repercutiu super bem e daí nós a reproduzimos para o EP. E a mais nova foi “Candles”, que eu escrevi no outono do ano passado. Não era o plano ela estar no EP, mas então do nada eu decidi que ela precisava entrar no trabalho porque ela se encaixa!

- PUBLICIDADE -

Quais são suas maiores inspirações musicais?
Resa Saffa Park: Eu praticamente só ouço músicas tristes e melancólicas porque eu sinto que eu preciso estar focada nisso. Músicas assim me fazem ficar com o pé no chão. Por fora, eu sinto que eu tenho uma personalidade muito falante e extrovertida, mas por dentro minhas emoções são um pouco melancólicas, então eu me identifico muito com músicas que são assim. Gosto muito da Lana Del Rey, Joy Crookes, eu amava Nirvana quando era menor. Eu ouvia e pensava “é assim que eu me sinto!!!”. Eu descobri uma banda recentemente, que são duas irmãs gêmeas de Manchester, chamada The KTNA, e é a melhor música que eu ouvi sei lá desde quando! Agora elas são uma grande inspiração para mim também.

Você divulgou um lyric video em português para “Dandelions”. Recebe muitas mensagens de fãs brasileiros?
Resa Saffa Park: Na verdade, meu Spotify informa que o Brasil é o terceiro país que mais escuta as minhas músicas! É Noruega, meu país de origem, Turquia e depois Brasil! Sim, muitas pessoas que me escrevem são do Brasil. Eu nunca fui ao Brasil…

- ANUNCIE AQUI -

Imagino que você receba muitas mensagens falando para você ir ao Brasil!
Resa Saffa Park: Sim! E eu espero realmente que aconteça algum dia. Eu quero muito mesmo!

Está nos seus planos então?
Resa Saffa Park: Sim, nos meus sonhos e planos. Mas agora com a covid, não sabemos! Mas eu estou aqui rezando!

- ANUNCIE AQUI -

Você estrela a série de sucesso da Netflix, “Ragnarok”. Você tem planos de atuação que pode nos contar ou está focada na sua música no momento?
Resa Saffa Park: Estamos começando a filmar a terceira temporada de “Ragnarok”! Vamos filmar de fevereiro até o verão. Mas tirando isso, a música tem sido a minha prioridade principal porque estamos querendo tocar em lugares diferentes e estou escrevendo um álbum agora. Eu amo atuar também, mas eu amo música demais. Porque pelos menos até agora, os papéis que tive não foram tão criativos como o ato de escrever música. Você tem um papel criativo muito maior quando está escrevendo suas próprias músicas. Espero conseguir no futuro um papel que seja um pouco mais desafiador também. Não que a Saxa não seja, mas eu já me acostumei com ela agora e é fácil para mim. Quero isso e quero continuar fazendo música.

Principalmente em séries grandes como “Ragnarok”, imagino que você tenha muito tempo de espera entre cenas. Você costuma compor no set de gravação?
Resa Saffa Park: Eu não escrevo as músicas, mas eu anoto as minhas ideias. Sempre que eu tenho ideias, ou penso numa frase, ou então sinto algo, eu escrevo no meu celular. Assim, mais tarde, quando eu estiver tentando compor, eu posso olhar as anotações e ter inspirações. Porque é muito mais fácil começar com algo do que completamente do nada, numa página em branco. Você precisa começar a partir de um sentimento, uma palavra, algo! Mas não, eu não sento com o meu violão e componho no set, não.

- ANUNCIE AQUI -

Gostaria de mandar um recado aos fãs brasileiros:
Resa Saffa Park: Eu quero dizer muito obrigada por todas as mensagens sobre a minha música e também sobre “Ragnarok”. Lembrando que a terceira temporada vai chegar em breve! Mas, mais importante, meu EP chega agora em fevereiro e espero que vocês ouçam, gostem e consigam se relacionar com ele. Eu gosto muito quando as pessoas me mandam mensagem falando o que acharam da música ou contando sobre o que a música os fez sentir. Para as pessoas que falam “venha ao Brasil” – porque são muitas – eu digo que eu quero muito e que eu ainda irei!

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Resa Saffa Park, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Jornalista e apaixonada por música desde que se conhece por gente.