O Metallica recebeu nesta quinta-feira (14) na Suécia o Polar Music Prize 2018, considerado o “Prêmio Nobel da Música”. Criado em 1992 pelo antigo produtor da banda ABBA, Stig Andersson, o prêmio visa homenagear artistas que se destacam em suas produções, e alcançam conquistas significativas na atividade musical.

O baterista e co-fundador do Metallica, Lars Ulrich subiu ao palco ao lado do baixista Robert Trujillo para receber o prêmio das mãos do Rei Carl XVI Gustaf da Suécia. Durante o discurso de agradecimento, Ulrich afirmou que quando fundou a banda, em 1981, o desejo dele e de seus companheiros era apenas tocar e sentir que pertenciam a algum lugar.

“Receber este prêmio solidifica a ideia de que, não importa quão alienado você se sinta, conectar-se a outras pessoas através da música não é apenas possível, mas pode ser completamente inspirador e mudar a vida”, completou o Ulrich.

O discurso de premiação foi lido por Roger Glover e Ian Paice, baixista e baterista do Deep Purple, respectivamente. Glover contou que no começo dos anos 80 ele e o resto da banda estavam nos bastidores e ouviram o Metallica no palco. “Eu fui ao lado do palco para dar uma olhada e pensei, sim, há algo acontecendo aqui”, lembrou o baixista.

Além do Metallica, o Instituto de Música do Afeganistão também foi premiado na cerimônia desta quinta-feira, pela criação de uma organização para reconstruir a música no país e apoiar os músicos locais. Os homenageados recebem também uma quantia de 1 milhão de coroas suecas, cerca de US$ 150 mil.

Entre os nomes que já receberam o Polar Music Prize estão lendas da música como Chucky Berry, Paul McCartney, Stevie Wonder, Joni Mitchell, Ray Charles, Sting, B.B. King, Led Zeppelin, Elton John, Pink Floyd, Bob Dylan e Bruce Springsteen. O músico Gilberto Gil é o único brasileiro a figurar na lista de homenageados, tendo recebido o prêmio em 2005.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Metallica, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.