MITA: Gorillaz volta ao Brasil com show mais “humano” e menos focado nos desenhos

GORILLAZ
Foto: Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Criado e vendido como uma banda virtual integrada pelos personagens fictícios 2-D, Murdoc, Noodle e Russel, o Gorillaz conquistou o mundo com suas músicas e retornou ao Brasil para ser um dos headliners da primeira edição do MITA Festival, realizado neste fim de semana na Spark Arena, em São Paulo.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

No entanto, quem esperava ver um espetáculo visual centrado em seus personagens, com muitas interações dos mesmos nos telões, deu de cara com uma apresentação de uma super banda real formada pelo líder Damon Albarn, também vocalista do conceituado conjunto inglês Blur.

- ANUNCIE AQUI -

Se em tempos passados os integrantes de carne e osso do Gorillaz davam prioridade e destaque aos personagens nos shows (inclusive, chegando a tocar atrás do telão), agora a situação foi inversa ao exibirem os próprios músicos como protagonistas. Mesmo em 2018, quando o grupo veio ao Brasil pela primeira vez, as animações criadas pelo cartunista Jamie Hewlett interagiam mais com cada música tocada.

- ANUNCIE AQUI -

De blusa, bermuda e boné da cor rosa, Damon Albarn ocupou todo o palco no show deste domingo (15) como se fosse o maestro da banda, comandando cada detalhe do espetáculo. Visivelmente feliz, o astro britânico de 54 anos chegou a descer no público algumas vezes para interagir com os fãs que estavam na grade.

- ANUNCIE AQUI -

Músicas que ganharam a MTV e as rádios nas décadas de 1990 e 2000, como “Tomorrow Comes Today”, “19-2000”, “Plastic Beach”, “Dirty Harry” e “Clint Eastwood” (essa que encerrou o show) apareceram no repertório e fizeram a alegria dos fãs.

Para o hit dançante “Feel Good Inc.”, e também na canção “Superfast Jellyfish”, integrantes do icônico grupo de rap De La Soul subiram ao palco para cantarem suas respectivas partes em cada faixa. Ao todo foram 26 músicas executadas em um show de um pouco mais de uma hora e meia de duração.

- ANUNCIE AQUI -

Podemos dizer que dessa vez o Gorillaz veio ao país mais “humano”, mostrando a cara e o potencial de seus músicos, e menos “animado”. Foi um ótimo espetáculo, não há dúvidas. Mas, para uma banda que nasceu e cresceu vendendo seus personagens virtuais na linha de frente, faltou explorar e dar mais visibilidade a eles.

No próximo fim de semana (21 e 22 de maio), o MITA Festival acontece no Jockey Club, no Rio de Janeiro, com shows de Gorillaz, Rüfüs Du Sol, The Kooks, Two Door Cinema Club, Liniker, Jão e muito mais entre as atrações.

- PUBLICIDADE -

Resenha por Itaici Brunetti

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Gorillaz, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Jornalista e apaixonada por música desde que se conhece por gente.