Rock in Rio: Confira os destaques do Palco Mundo desta sexta-feira (22/09)

JOTA QUEST

O Jota Quest abriu a quinta noite de shows no Palco Mundo, tendo participado do festival pela última vez em 2013. “Na Moral” e “Tempos Modernos”, de Lulu Santos, foram cantadas em alto e bom som pela plateia. “Blecaute” apareceu na setlist, mas os poucos que esperavam a participação de Anitta se decepcionaram. Em um discurso sobre a atual situação do Brasil e os conflitos na comunidade da Rocinha, Rogerio Flausino cantou “Dias Melhores” segurando a bandeira do Brasil com os dizeres “acreditamos em dias melhores”. O novo single, “Para Quando Você Precisar de Mim”, foi seguido por “Além do Horizonte” e “De Volta ao Planeta”. Com um repertório todo baseado em hits, a banda foi inteligente ao fechar a apresentação com as três mais cantadas da noite: “Só Hoje”, “Fácil” e “Do Seu Lado”.

ALTER BRIDGE

Os americanos do Alter Bridge subiram ao palco com um hard rock que talvez não tenha sido muito propício em comparação às outras atrações do line up. O grupo formado por ex-membros do Creed, fez sua terceira apresentação no Brasil nesta sexta-feira. O público não era muito familiar às canções, mas fez questão de aplaudir e acompanhar o vocalista toda vez que era pedida a sua participação em algum refrão. “Cry Of Achilles” foi o momento em que algumas vozes se destacaram na multidão, e o show continuou com “Water Rising”, “Open Your Eyes” e “Ride Today”.

TEARS FOR FEARS

Donos de sucessos notáveis, o Tears For Fears iniciou a noite com “Rule The World”, que levantou até os que estavam sentados à espera da banda principal. Sempre fazendo questão de interagir, o vocalista da banda mostrou seu carisma e até arriscou frases em português muito bem, como “Boa noite Rio, estamos muito felizes em estar aqui“. A apresentação seguiu em um tom mais tranquilo e até rolou um cover de “Creep”, do Radiohead. “Head Over Heels” e “Shout” foram as responsáveis pelo grande momento da banda, que encerrou sua participação no Rock in Rio.

BON JOVI

Bom Jovi subiu ao Palco Mundo pontualmente e se deparou com uma legião de fãs enlouquecidos. As músicas com a maior participação do público, porém, foram acontecer lá para a quarta e a quinta, com “Bad Name” e “Born To Be My Baby”. Foram duas horas de shows com uma setlist para não botar defeito: tinha hit antigo e canções do novo disco, “This House Is Not For Sale”. A banda mostrou um ótimo entrosamento e certamente entregou o que os fãs queriam ver. “It’s My Life” e “I’ll Be There For You” foram cantadas por todos, mas só antecederam o estrondo de “Livin’ on a Prayer”, em que Jon mostrou um traço de cansaço e deixou a plateia cantar o refrão.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Rock in Rio e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO!