Gorillaz faz show com projeções virtuais e hologramas – Saiba como foi

Gorillaz
Divulgação
- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Pela primeira vez em dois anos, o Gorillaz subiu ao palco na noite do último sábado (12) e entregou uma apresentação ao vivo, gravada no Kong Studios, no Reino Unido.

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Em formação completa, incluindo os seis backing vocais, a banda de Damon Albarn montou um grande palco, com direito a um telão de LED, diversos objetos caseiros no meio do palco fazendo parte do cenário – incluindo um sofá antigo, várias prateleiras, árvores de Natal com cruzes de ponta cabeça e até uma moto. Intitulado de “Song Machine Live from Kong”, o evento fez parte da divulgação do mais recente álbum de estúdio do grupo, que leva o mesmo nome.

- ANUNCIE AQUI -

Com um total de dezessete canções, a performance começou em um clima misterioso e cósmico, com projeções de planetas e da lua, embaladas pelas faixas “Strange Timez” e “The Valley Of The Pagans“. A banda virtual tocou, na íntegra, todas as faixas do novo álbum, incluindo os novos singles que já haviam sido apresentados ao vivo em programas de televisão (“Aries” e “Desolé“).

- ANUNCIE AQUI -

Colaborativo, o show também incluiu as diversas participações especiais que Gorillaz tradicionalmente entrega em seu trabalho. Porém, dessa vez, os artistas convidados participaram através de projeções virtuais e hologramas 3D. Alguns deles, como o icônico Elton John na balada “The Pink Phantom“, foram transformados em personagens virtuais com a mesma estética do universo Gorillaz.

- ANUNCIE AQUI -

Em linhas gerais o show foi muito bem produzido, harmônico e divertido. Damon passou boa parte do setlist tocando piano, dando espaço para os vocais de seus colaboradores (Robert Smith, Beck, Lee John, Kano, entre outros). Na segunda metade da apresentação, a groove hip-hop deu lugar a uma energia mais elétrica dos riffs de guitarra em faixas mais centradas no rock (“Aries“).

No final do show, a tradicional formação do palco foi reconfigurada e a banda perfurou faixas antigas de uma maneira acústica (“Last Living Souls“, “Dracula” e “Demon Dayz“). Encerrando a apresentação em grande estilo, o clássico “Clint Eastwood” de 2001 ganhou uma nova e acelerada roupagem.

- ANUNCIE AQUI -

Confira abaixo o setlist completo:
Strange Timez
The Valley of the Pagans
The Lost Chord
Pac-Man
MLS
The Pink Phantom
Opium
Aries
Dead Butterflies
Désolé
Momentary Bliss
Fire Coming Out of the Monkey’s Head

Acoustic B-stage
Last Living Souls
Dracula
Don’t Get Lost in Heaven
Demon Days
Clint Eastwood

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Gorillaz, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
Influenciador musical baseado em São Paulo