the chats
Foto: Jamie Wdziekonski

Como vai a cena roqueira do outro lado do mundo? O rock jovem e sujo do The Chats diz que vai muito bem e está em boas mãos. E apesar do nome, não há nada de terrível nesses novatos.

Formada na Austrália, Eamon Sandwith (baixo e vocal), Josh Price (guitarra) e Matt Boggis (bateria) se conheceram no colegial em 2016, mesmo ano que gravaram seu primeiro EP na própria escola e disponibilizaram para o mundo. O trabalho leva o nome do grupo e conta com 7 faixas inéditas e autorais.

Sem muito descanso, intercalando-se entre gravações e shows, a The Chats lançou logo em agosto de 2017 seu segundo EP. Novamente com sete faixas, a produção de Michael Currie teve um toque especial. Para capturar a essência da banda, as canções foram todas feitas ao vivo no estúdio, com os três membros juntos dentro da sala de gravação. Após esse lançamento, os australianos assinaram com a Universal Music.

Apesar da grande ansiedade (minha, do Dave Grohl e do Josh Homme) pelo primeiro álbum de estúdio, o grupo disponibilizou em 2020 mais um EP, intitulado “The Clap”.

Redes sociais: Facebook, Spotify, Site, Youtube.


- PUBLICIDADE -