Especial: The Voice USA (13) – Confira as apresentações do Top 10

Mais uma semana de The Voice começando aqui na Nação da Música. Nessa segunda-feira (04) vimos as apresentações do top 10 da 13ª temporada do nosso reality show musical favorito. Veja tudo o que rolou.

O programa começou com uma apresentação de Davon Fleming, do Team Jennifer. O candidato tem uma voz incrível, mas uma parte do público não ficou muito feliz com ele cantando, pela terceira semana consecutiva, uma música de alguma “Diva”. Dessa vez, ele apresentou a música “Hurt” da Christina Aguilera e fez uma ótima apresentação. Seus vocais estavam impecáveis, mas acho que tem faltado um pouco de emoção.

Em seguida vimos Adam Cunningham, do Team Adam. Após ficar duas semanas seguidas entre os menos votados, o candidato voltou para o country. Cantando “Maybe It Was Memphis” ele pareceu estar um pouco em sua zona de conforto, porém não mostrou nada de muito especial durante sua performance.

Noah Mac, do Team Jennifer, veio logo depois cantando “Ordinary World”. O jovem conseguiu fazer uma boa versão da música – o que geralmente não vemos nesse tipo de programa – mas deixou uma impressão de que estava faltando alguma coisa. Acredito que tenha faltado um momento de mais impacto, além de que o palco não colaborou muito com sua apresentação.

Shi’Ann Jones, também do Team Jennifer, subiu ao palco do The Voice para cantar a música “Diamonds”. Nessa semana ela estava mais moderna e essa escolha de canção talvez possa ajuda-la na votação e na venda do iTunes. Não posso negar que ela tem melhorado muito a cada semana, porém ainda mostra que sua voz precisa amadurecer um pouco mais.

Então vimos Chloe Kohanski, do Team Blake. A jovem recebeu a tarefa de cantar a música “Call Me” e acredito que tenha sido uma boa ideia para sair da zona que ela sempre canta e mostrar algo diferente. Porém, sinto que ela precisa – urgentemente – melhorar em sua presença de palco e dinâmica. Em uma música como essa, é preciso um pouco mais de movimento e expressão, do contrário, vai parecer um karaokê.

Keisha Renee, também do Team Blake, cantou a música “All By Myself” nessa segunda-feira. Há sempre uma discussão se ela vai seguir no country ou não. Não sei o quanto isso é relevante para a competição, mas acredito que a escolha da música só aumente mais essa discussão. Mas acredito que devemos nos focar em sua voz e Keisha tem sido muito consistente em todas as suas performances e nessa semana não foi diferente.

Ashland Craft, do Team Miley, mudou um pouco suas escolhas de música e se arriscou com “I Hate Myself for Loving You”. Não acho que ela se mostrou muito confortável em sua performance, mas pelo menos fez uma apresentação mais energética e divertida.

Na sequência vimos Brooke Simpson, do Team Miley, com uma das melhores apresentações da noite. Cantando “Amazing Grace” – uma canção bem estratégica para conseguir votos – ela fez uma performance bem simples, porém que mostrou todo o seu potencial vocal.

Red Marlow, do Team Blake, cantou a música “That’s What I Love About Sunday”. Ele tem seguido um padrão em suas apresentações e tem se dado muito bem assim, além de que tem mostrado bons vocais nessas performances.

Por fim vimos Addison Agen, do Team Adam. A jovem cantou a música “Lucky” da Britney Spears e mostrou que menos é mais. Com uma apresentação simples, mas com belos vocais, a jovem fez uma performance muito boa e mais uma vez mostrou que tem agradado o público já que entrou no top 10 de músicas mais vendidas do iTunes.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.
COMPARTILHAR
Andressa Oliveira

Metade campograndense, metade paulistana, jornalista e apaixonada por música. Escreve para o Nação da Música desde 2012, estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais, odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Seriados, livros e comida também não podem faltar em sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!