Especial: The Voice USA (19) – Mais uma noite de knockouts

The Voice
Foto: Youtube.
- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Chegamos a mais uma noite de knockouts no The Voice, onde conferimos as apresentações dos candidatos dos times de John, Blake, Kelly e Gwen. Veja tudo o que rolou:

- PUBLICIDADE -
MAR ABERTO

Team Kelly: Desz vs. Sid Kingsley

- PUBLICIDADE -

Kelly coloca seus dois maiores contadores de história frente a frente nesse knockout. Desz se apresenta com “Can We Talk”, de Tevin Campbell, e Sid escolhe “Make It Rain”, de Foy Vance. Com ambos apresentando performances de qualidade, os técnicos se dividem ao darem conselhos à Clarkson. No fim das contas, ela opta por manter Desz, mas Sid não vai pra casa, uma vez que é roubado por Blake.

- PUBLICIDADE -

Team Blake: Jim Ranger vs. Jus Jon

- PUBLICIDADE -

Os candidatos de Blake optaram por abordagens completamente diferentes nesta fase do The Voice. Jim Ranger escolhe o caminho da emoção com “Humble and Kind”, de Tim McGraw, enquanto Jus Jon é mais descontraído ao som de “Finesse”, de Bruno Mars. O que parece ter funcionado melhor foi a performance de Jim, que comoveu os jurados e fez com que Blake optasse por mantê-lo em seu time. Jus Jon não é roubado e deixa o programa.

Team Legend: Bailey Rae vs. Lauren Frihauf

- PUBLICIDADE -

Bailey e Lauren são competidores completamente opostos e John sabe disso ao uni-los. A escolha de Lauren por “Cry Baby”, um dos maiores hits de Janis Joplin, se apresenta um desafio que ela está disposta a cumprir. Bailey, por outro lado, segue com seu lado country divertido ao som de “Let Me Down Easy”, de Billy Currington. A escolha de Bailey trabalha em seu favor e é com ele que John prefere seguir, fazendo com que Lauren encerre seu momento no The Voice.

Team Blake: Ian Flanigan vs. James Pyle

- PUBLICIDADE -

Este knockout parece já ter um favorito, mas é importante que façamos uma análise das performances primeiro. Ian escolhe “Beautiful Crazy”, de Luke Combs, e James Pyle opta por “In My Blood”, de Shawn Mendes. A escolha de James, apesar de ser mais voltada pro lado emocional, me parece fraca, o que afeta sua apresentação. Ian é um candidato forte e sua performance também é boa, fazendo com que a decisão de Blake não seja assim tão árdua. Flanigan prossegue no time de Shelton, e James encerra sua participação aqui.

Team Kelly: Kelsie Watts vs. Madeline Consoer

- PUBLICIDADE -

Os ensaios mostram que tanto Kelsie quanto Madeline estão muito nervosas e ansiosas. A primeira escolhe os arranjos de “You Oughta Know”, o que é perigoso já que este é um clássico de Alanis Morissette. Madeline, por outro lado, se mantém no original ao optar por “Die From a Broken Heart”, de Maddie e Tae. Como já era de se esperar, a apresentação que mais impressionou foi a de Madeline, o que lhe reservou pelo menos mais uma fase no The Voice. Kelsei deixa o programa.

Team Gwen: Carter Rubin vs. Chloé Hogan

- PUBLICIDADE -

E para encerrar a noite vemos Carter Rubin, o mais jovem da competição, frente a frente com Chloé Hogan. Eles escolheram as canções “You Say”, de Lauren Daigle e “Weak, de SWV, respectivamente. Apesar da pouca idade, Carter sempre apresenta bastante qualidade e isso impressiona os jurados. Gwen opta por mantê-lo em seu time, mas Chloé não vai embora e ganha uma nova casa no Team Legend.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam The Voice, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -