Especial – The Voice USA: Os times estão quase completos no sétimo episódio

- PUBLICIDADE -

O sétimo episódio dessas blind auditions nos reservou quatro belas vozes. O dia não pareceu muito bom para Adam Levine, que não conseguiu vencer nenhuma das batalhas contra outros coaches e passou este episódio sem acrescentar nenhum nome novo ao seu time.

A primeira voz que conhecemos foi a da egípcia Sylvia Yacoub. Com 19 anos, Sylvia tem como maior influência musical sua mãe, que viu o talento musical ser escondido por conta dos costumes egípcios. Um lugar onde as mulheres não têm muito espaço na sociedade, quanto mais para mostrar os seus dons artísticos. Para a sorte de Sylvia sua família se mudou para os Estados Unidos e ela pode apresentar sua versão de “Only Girl (In The World)”, da Rihanna, que resultou a ela um lugar no time pop de Christina Aguilera.

A outra voz feminina que conhecemos neste programa é a de Amanda Brown. Com 27 anos, essa nova-iorquina já foi backing vocal de alguns grandes nomes da música, como Adele. Mas Amanda tem o sonho de ser A voz, e não apenas ser suporte. Ela tem uma voz bastante enérgica e atraiu atenção de Cee Lo Green com uma apresentação de “Valerie”, do The Zutons e popularizada na voz de Amy Whinehouse em parceria com Mark Ronson.

Mas com certeza se alguém saiu vencendo neste sétimo dia de audições, esse alguém foi Blake Shelton. O primeiro nome que Blake acrescentou ao seu time foi Charlie Rey. Charlie trabalha ajudando o pai em uma oficina de motores, o que faz com que ele passe o dia inalando monóxido de carbono. Isso pode resultar em vários problemas de saúde, inclusive alguns que afetem a sua bonita voz. Com 21 anos, esta foi a hora certa de Rey arriscar e seguir o seu sonho. Graças a sua bonita apresentação de “Home”, do Michel Bublé, Charlie foi alvo de mais uma divertida disputa entre Adam e Blake.

A segunda voz a entrar no time de Blake neste episódio foi a única que virou as quatros cadeiras no sétimo dia de blind auditions. Cassadee Pope é um nome conhecido de muita gente. Por anos, Cassadee foi vocalista da banda Hey Monday (que inclusive já passou pelo Brasil). Em carreira solo a alguns meses, Cassadee tem uma voz sensacional e bastante profissional. Ela conseguiu com sua apresentação de “Torn”, da banda Ednaswap e eternizada na década de 90 pela cantora australiana Natalie Imbruglia, um lugar na equipe do atual campeão Blake Shelton.

Cassadee é uma das minhas favoritas até agora. E você? Qual seu favorito? Não se esqueça de comentar e participar sempre! Siga nosso Twitter e curta nossa página no Facebook para se manter sempre atualizado. Vamos conferir como estão os times até agora? Lembrando que cada treinador contará com 16 vozes em sua equipe nesta temporada.

Adam Levine: Bryan Keith, Joe Kirkland, Samuel Mouton, Loren Allred, Nicolle Nelson, Melanie Martinez, Brian Scartocci, Alessandra Guercio, Adanna Duru, Collin McLaughlin, Benji, Michelle Brooks-Thompson, Sam James e Brandon Mahone.

Cee Lo Green: Daniel Rosa, Trevin Hunte, Mackenzie Bourg, Domo, JR Aquino, Nicholas David, Avery Wilson, Todd Kessler, Ben Taub, Emily Earle, Mycle Wastman, Diego Val, Alexis Marceaux e Amanda Brown.

Christina Aguilera: De’borah, Devyn DeLoera, Adriana Louise Figueroa, Aquile, Nelly’s Echo, Lisa Scinta, MarissaAnn, Beat Frequency, Paulina Cerrilla, Joselyn Rivera, Dez Duron, Laura Vivas, Jordan Pruitt e Sylvia Yacoub.

Blake Shelton: Terry McDermott, Gracia Harrison, Casey Muesiggman, Julio Cesar Castillo, 2Steel Girls, Liz Davies, Kelly Crapa, Suzanna Choffel, Michaela Paige, Ryan Jirovec, Lelia Broussard, Terisa Griffin, Charlie Rey e Cassadee Pope.

Nos vemos semana que vem em mais um especial The Voice, aqui no Nação da Música!

- PUBLICIDADE -