Especial: The Voice USA (12) – Veja como foi a última noite de knockouts

Nessa segunda-feira (10) conferimos o último dia de knockouts no The Voice e dessa forma, conhecemos os candidatos que farão parte do Top 20 dessa 12ª temporada. Como vocês sabem, durante essa fase do programa os técnicos têm direito a 1 steal e nesse episódio, apenas Alicia tinha um disponível. Então preparem-se para muitas emoções e eliminações.

Team Blake: Andrea Thomas x Lauren Duski

Do Team Blake vimos Andrea se apresentando primeiro. A candidata subiu ao palco para cantar a música “Cry” da Faith Hill e teve bons momentos. Sua voz é bastante poderosa e se destaca bastante, porém, a performance toda pareceu meio forçada, como se ela não estivesse sentindo nada.

Lauren, por outro lado, cantou a música “When You Say Nothing At All” e estava transbordando emoção enquanto se apresentava. Mas nem tudo é perfeito. Por estar sentindo muito – ou por timidez, talvez – Lauren ficou retraída demais em alguns momentos.

Blake então escolheu continuar com Lauren em seu time.

Team Alicia: Jack Cassidy x Vanessa Ferguson

Jack tem estado em sua zona de conforto desde o começo do The Voice. Nesse knockout ele e a técnica resolveram que era hora de tentar algo novo. E ele realmente tentou, enquanto cantou “Unsteady”, porém, não sei se foi uma jogada boa para um momento tão importante.

Vanessa recebeu os mesmos conselhos, mas o resultado foi um pouco diferente e mais verdadeiro. Cantando “If I Were Your Woman” ela se destacou bastante, saiu da mesmice e mostrou todo o potencial que tem.

Alicia decidiu que Vanessa foi a vencedora da noite e ninguém roubou Jack.

Team Adam: Davina Leone x Jesse Larson

Davina subiu ao palco primeiro para cantar a música “Toxic”. Particularmente, depois da Melanie Martinez, eu acho que ninguém deveria cantar essa música, a não ser que seja uma versão completamente diferente. A apresentação da Davina teve alguns erros de afinação, de respiração e de nervosismo, coisas que parecem estar a atrapalhando desde a audição.

Jesse Larson cantou a música “The Letter”. E apesar de ter sido uma apresentação bem melhor, ainda nos fez lembrar de outro candidato: Laith Al-Saadi. Jesse tem muito potencial, sua voz é incrível, mas se continuar com músicas que ficam remetendo a outro candidato, sua permanência no programa vai se tornar complicada.

Adam escolheu então Jesse como o vencedor.

Team Adam: Malik Davage x Mark Isaiah

Para a televisão esse knockout foi passado em uma montagem rápida, mas na internet conseguimos assistir as apresentações inteiras. Mark foi o primeiro cantando a música “Love Yourself”. Esse menino, para mim, é só mais uma cópia dos cantores pop para o público teen, mas ele é extremamente comercial, então deve ser por isso que chegou até aqui.

Malik começou o programa sendo considerado um candidato em bastante evidência, mas durante as batalhas, acabou irritando o seu técnico e o conselheiro e aparentemente decaiu. Sua apresentação de “Rock With You” foi bem complicada. Problemas de afinação, desânimo, acho que deu para entender porque nem foi transmitida na tv.

Adam escolheu Mark para continuar em seu time.

Team Gwen: Brandon Royal x JChosen

Brandon subiu ao palco primeiro para apresentar sua versão de “Redemption Song”. Foi uma performance mais intimista e pessoal, porém que mostrou bastante do seu talento e dos seus vocais.

JChosen, por outro lado, chegou querendo mostrar tudo o que podia. Cantando “Without You” – com um arranjo bem ultrapassado, mas acredito que não tenha sido culpa dele – ele fez várias melismas, falsetes e teve muita energia.

Gwen teve que tomar uma decisão difícil, mas escolheu continuar com JChosen em seu time.

Team Blake: Aliyah Moulden x Caroline Sky

Aliyah escolheu a canção “Before He Cheats” para essa apresentação. Eu acredito que tenha tido dois problemas. O primeiro, é que ela não sabe ainda que tipo de artista quer ser, então está testando vários gêneros musicais. O segundo, é que ela tão novinha, não conseguiu se identificar com a música e acabou fazendo uma apresentação bem superficial.

Caroline, também uma candidata bem jovem, teve problemas com a escolha da sua música. Cantando “At Last” ela não conseguiu atender as expectativas, teve alguns probleminhas de afinação e acabou dando uma performance que pareceu forçada.

Blake escolheu seguir com Aliyah Moulden.

Team Gwen: Stephanie Rice x Troy Ramey

Stephanie subiu ao palco para cantar a música “Safe and Sound”. Dessa vez pudemos ver um outro lado da candidata, que também se mostrou mais conectada e autêntica com o que estava cantando. Esse lado mais “sensível” fez com que a apresentação, no The Voice, se tornasse bem interessante.

Troy cantou “Chandelier”, mas em uma versão que valorizasse a sua voz e o seu estilo. Ele fez uma boa apresentação, mas nada de muito impressionante.

Gwen acabou escolhendo Troy para continuar em seu time e Alicia usou o seu steal e roubou Stephanie.

E então o top 20 da 12ª temporada do The Voice ficou assim:

Team Alicia: Vanessa Ferguson, Stephanie Rice, Chris Blue, Ashley Levin e Anatalia Villaranda.

Team Gwen: Hunter Plake, Brennley Brown, Troy Ramey, Quizz Swanigan e JChosen.

Team Blake: TSoul, Casi Joy, Lauren Duski, Aliyah Moulden e Aaliyah Rose.

Team Adam: Lilli Passero, Jesse Larson, Josh West, Mark Isaiah e Hanna Eyre.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte The Voice, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

 

COMPARTILHAR
Andressa Oliveira

Metade campograndense, metade paulistana, jornalista e apaixonada por música. Escreve para o Nação da Música desde 2012, estuda música desde pequena, é obcecada por reality shows musicais, odeia atender telefone, mas não vive sem seu celular. Seriados, livros e comida também não podem faltar em sua vida.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!