Especial: Conheça alguns dos principais artistas de Camarões

O Camarões é um país africano localizando entre a Nigéria e o Congo, na costa oeste do continente. É muitas vezes chamado de “África em miniatura” pela sua diversidade geológica – que inclui praias, desertos, montanhas, florestas tropicais e savanas – e cultural. Como a grande maioria dos países da África, Camarões sofreu muita influência por causa do domínio europeu. Entre o século XV e 1961, Camarões teve contato com as culturas portuguesa, alemã, francesa e britânica.

Mas se engana quem pensa que essa mistura cultural abafaria as origens do próprio país. Camarões é reconhecido mundialmente por seus estilos musicais locais, makossa e bikutsi (além de sua seleção de futebol, considerada uma das melhores do continente)

- ANUNCIE AQUI -

O Makossa é o estilo de música mais popular por lá (e fora também). Iniciado nos anos 50, o Makossa reúne influências de jazz, música latina, highlife e Soukous (gênero musical forte no Congo) e artistas como Eboa Lotin, Misse Ngoh e Manu Dibango foram responsáveis pela popularização do ritmo. O ritmo está presente também na música pop ocidental: foi usada por Michael Jackson em “Wanna Be Startin’ Somethin'”; por Eminem em “Doe Rae Me”; pela caribenha Rihanna em “Don’t Stop the Music”. O Brasil não ficou de fora, Chico Science e sua Nação Zumbi absorvem o ritmo africano na faixa “Samba Makossa”.

Nos anos 60, Camarões experimentou uma cena rock, que acabou com a crise financeira que tomou o país e tornou complicada a manutenção das bandas por lá. O heavy metal foi a principal vertente do Rock no país representado pela banda Ngos’a Bedimo.

- ANUNCIE AQUI -

Bikutsi é outro ritmo local que ganhou o país e foi além de suas fronteiras. Jean-Marie Ahanda foi o responsável pela expansão do Bikutsi com sua banda Les Têtes Brulées, chegando até a uma turnê na França nos anos 80. O ritmo ganhou força com artistas mais jovens nos anos 90 de forma mais agressiva como uma reação a situação econômica do país. Henri Dikongué foi um dos artistas da época que ganhou projeção internacional com turnês na Europa e Estados Unidos.