Entrevistamos Royal Blood sobre “Trouble’s Coming” e novo álbum

Royal Blood
Foto: Dean Martindale / Divulgação.
Mar Aberto
Mar Aberto

Apesar da pandemia, o duo britânico Royal Blood com música nova em setembro desse ano quando divulgaram “Trouble’s Coming”.

A canção foi a primeira inédita desde 2017, quando lançaram o disco “How Did We Get So Dark?”. A faixa é tida com o primeiro single de um futuro álbum, que ainda não tem previsão para ser lançado, mas que deve vir em 2021.

A Nação da Música teve a oportunidade de conversar, por telefone, com o integrante Ben Thatcher, que falou sobre essa “Trouble’s Coming”, que também já ganhou clipe, como está vivendo esse período de quarentena em decorrência da pandemia do novo coronavírus, os próximos planos de música e sobre sua relação com o Brasil, onde estiveram em 2018 para um show no Lollapalooza.

Entrevista por Henry Zatz.
——————————— Leia a íntegra:
Oi Ben! É um prazer falar com você. Em setembro, vocês lançaram  a música Trouble’s Coming, que é a primeira música nova depois de alguns anos. Como você vê a evolução de vocês nesse tempo todo?

Mar Aberto
Mar Aberto

Ben: É engraçado, porque poderíamos ter tocado de maneira segura e ter feito outra música do Royal Blood, mas essa é uma virada no som do Royal Blood e em breve vamos fazer mais, vocês gostando ou não (risos). Eu acho que você tem que evoluir na música, tomar alguns riscos e nós sentimos que fizemos isso e realmente estamos gostando das músicas que estamos produzindo e não conseguimos esperar para mostrar mais.

E o que você pode me dizer sobre a inspiração dessa canção?

Ben: É uma música que Mike escreveu. É uma canção sobre a luta dele com sua própria mente, dando voltas, repetindo, estando num mesmo limbo, não conseguindo sair e não é um bom lugar para estar.

Além disso, “Trouble’s Coming” é a primeira faixa de um futuro álbum, certo? O que você pode nos adiantar desse próximo álbum?

Ben: É a primeira canção que a gente liberou, mas não tenho certeza se será a primeira no álbum ou não. Eu posso dizer que o álbum está vindo e estará com vocês em algum momento no próximo ano, espero eu que durante a primavera. Mas, obviamente, que com o que está acontecendo no mundo é difícil de promover ou tocar algum show, que é o que nós amamos fazer, mas teremos músicas novas no próximo ano. O álbum está pronto, nós estamos nos últimos estágios de produção para ter certeza que estaremos feliz com o que fizemos, mas não conseguimos esperar para que ele saia logo realmente.

Aproveitando que você falou sobre esse momento difícil que vivemos, como você está passando?

Ben: Muito obrigado por perguntar! Na verdade, eu estou bem. (A pandemia) Me deu um tempo para parar, quando estaríamos em turnê e escrevendo álbuns, e quando você não pode fazer isso, você tira um tempo para você mesmo, refletir em tudo que estamos fazendo. Quero dizer, nós estávamos gravando o álbum, quando aconteceu o lockdown e nós tivemos que parar e deixar o processo de gravação pela metade. Durante esse tempo, nós escrevemos novas músicas, umas seis a mais nesse álbum, então o lockdown mudou o que iria acontecer com a gente para melhor, para ser honesto. Embora seja um tempo difícil para muita gente, foi benéfico para nós, enquanto banda.

Nós podemos esperar alguma música sobre esse momento que vivemos?

Ben: Não vai haver uma música sobre a covid. Talvez num álbum futuro, mas não nesse.

E o que você acha que os fãs estão esperando desse novo disco?

Ben: Eu não sei o que os fãs estão esperando! É difícil saber, não é? Embora eu seja fã da minha própria banda, eu não saberia o que faríamos a seguir se eu fosse um fã. (Risos)

Bom, em outubro vocês divulgaram o clipe para Trouble’s Coming. Foi difícil gravar nesse período de quarentena?  Como isso funcionou?

Ben: Sim, muitas coisas tiveram que ser mudadas para conseguirmos gravar isso. Nós apenas conseguimos gravar o vídeo quando já estava tudo bem para fazermos isso, com toda a precaução. Para ser honesto, nós temos sorte por ter apenas duas pessoas na banda, se não a gente não seria capaz de fazer.

Vocês estiveram no Brasil em 2018 para um show no Lollapalooza e vocês têm muitos fãs brasileiros. Como é para vocês tocar aqui e o que acham do Brasil?

Ben: Eu amo o Brasil, que lugar para se apresentar! Nós tivemos uma ótima experiência, os fãs são incríveis por aí. É absolutamente muito bonito e mal conseguimos esperar para voltar, para ser sincero.

Para finalizar, você pode mandar um recado para os fãs?

Ben: Fãs brasileiros, aqui é o Ben, do Royal Blood. Se você está se sentindo com problemas, se está se sentindo ansioso, não se preocupe, nós vamos passar por isso! Mal podemos esperar para estar de volta aí no Brasil com vocês. Tem nova música em breve e nos vemos logo , assim espero.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Royal Blood, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

Mar Aberto
- PUBLICIDADE -