Entrevistamos Carol e Vitória sobre parceria com Rael em “Voa Comigo”

Carol & Vitoria
Reprodução: Facebook
- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

No fim de agosto, o duo Carol e Vitória deu um novo passo em sua carreira, que faz grande sucesso no TikTok, ao lançar o single “Voa Comigo”, em parceria com Rael e a produtora Hitmaker. A faixa, que conta com uma sonoridade mais romântica e ganhou um clipe inspirado em grandes sucessos da ficção científica, marca a transição da dupla de irmãs para uma fase mais madura.

- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

Em conversa com a Nação da Música, Carol e Vitória falaram sobre a oportunidade de gravar com Rael em “Voa Comigo”, o diferencial do EP “A Vida É…” em meio ao sucesso no TikTok e inspirações femininas de artistas do meio musical.

- ANUNCIE AQUI -

Entrevista por Natália Barão
————————————– Leia a íntegra:
Em agosto vocês lançaram “Voa Comigo”, em parceria com o Rael e que mostra vocês ajudando um alien a voltar pro próprio planeta no clipe. Como rolou essa colaboração com o Rael e de onde veio a inspiração para o clipe?
Carol e Vitória: Ter uma música com o Rael é incrível! Já éramos fãs, o primeiro cover da Carolzinha no Instagram foi de uma música dele e citamos ele em “Eu tô gostando de um menino aí”, a ideia do roteiro veio dos diretores do Clipe Pedro Fiorillo e Jesus Mendes, contamos que gostamos de surpreender e fugir do óbvio em nossos trabalhos e eles vieram com essa proposta que teve um resultado maravilhoso.

- ANUNCIE AQUI -

Vendo os clipes dos últimos lançamentos de vocês, “Eu Tô Gostando de um Menino Aí” (que tem a participação do Mário Júnior), e “Beijei Meu Ex, E Agora?” (que conta com a presença de influencers como o Novinho, do De Férias Com o Ex Brasil) me chamou a atenção a parceria entre vocês duas, mas, principalmente, as diferenças de personalidade. A vida pessoal de vocês influencia na composição de letras e criação dos clipes de alguma forma?
Carol e Vitória: Carolzinha é quem está sempre canetando os sons da dupla, Vitória é o termômetro pra saber se é hit (risos). Mas escrevemos sobre o que vivemos ou histórias que nos contam. É muito legal ver que o público se identifica com nossas experiências pessoais.

- ANUNCIE AQUI -

Em 2020 vocês lançaram o EP “A Vida É…”, que dá continuidade ao álbum “Gato Preto”, de 2018. Quais são as principais diferenças que vocês destacam entre esses dois trabalhos?
Carol e Vitória: O EP “Gato Preto” contém nossas primeiras composições, o que a Carol e a Vitória pensavam, e como enxergavam a vida e as relações, com 12 e 13 anos de idade. O EP “A Vida é” acompanha o nosso crescimento e novas experiências. É muito legal partilhar essa evolução com nossos fãs. A diferença, diríamos, é esse crescimento: Carol e Vitória crescendo, vivendo coisas e transformando em música.

Além das músicas autorais, vocês também postam vídeos no canal de vocês no Youtube com respostas femininas a músicas com letras consideradas machistas e misóginas. O que inspirou vocês a começarem com esses vídeos? Teve algum motivo ou acontecimento específico?
Carol e Vitória: Desde criança nós duas sempre tivemos a vontade de trabalhar com algo que de alguma forma desse destaque e representatividade para a figura feminina. Fomos criadas por nossa mãe, que além de guerreira carrega um nome forte. Dona Deusa sempre nos incentivou a fazer o que amávamos e é maravilhoso poder fazer isso através da música.

- ANUNCIE AQUI -

Ainda nessa questão, existe alguma artista no meio musical que tenha uma pegada mais feminista e que inspire vocês? Se sim, por que?
Carol e Vitória: Temos algumas inspirações. Carolzinha ama Ariana Grande, Vitorinha adora a Billie Eilish, trazemos influências delas pra nossa identidade. Mas do Brasil, que também não deixa de ser uma referência internacional, temos a Anitta: amamos sua trajetória e tudo que ela representa artisticamente para o Brasil e para os artistas brasileiros, ela fez com que a gente sonhasse mais além, sem medo.

Além de todos os números de seguidores nas redes sociais e streams nas plataformas digitais, vocês também estouraram bastante no TikTok, seja com a produção de conteúdo próprio, seja com as trends usando as músicas de vocês. Na visão de vocês, como a plataforma ajuda na carreira de novos artistas?
Carol e Vitória: O TikTok em meio a pandemia foi a rede social que mais cresceu e que mais ficou presente na vida do brasileiro num geral. Com gigante velocidade de propagação de conteúdo, através das dancinhas e trends, ajudou a levar a música e o trabalho de vários artistas para muito mais longe! Você ouvia na FY e ia automaticamente procurar nas plataformas de streaming, tirando aquela ideia de apenas números… Agora eram pessoas reais interagindo com a sua música.

- PUBLICIDADE -

O que ainda podemos esperar de novidades de vocês para 2021?
Carol e Vitória: Carolzinha e Vitória esse ano já até deram umas “préviazinhas” para o público do que vem por aí: letras mais maduras, com um upgrade na sonoridade, mas ainda pop e sem perder a brasilidade da parada. Estamos ansiosas para entregar essa nova era para os nossos fãs.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Carol e Vitória, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram.

Jornalista, apaixonada por música, escorpiana, meio bossa nova e rock'n'roll com aquele je ne sais quoi