Os Caras e CarolNa última sexta-feira (06), o grupo Os Caras e Carol lançou seu primeiro álbum de estúdio chamado “Coisas da Vida” nas plataformas de streaming.

Aproveitando isso, a Nação da Música falou com o grupo sobre este mais novo trabalho e suas músicas.

Criada em 2015, a banda é responsável por singles de sucesso como “O Que Será de Nós” e “Cabelo”. Esta última possui clipe e já conta com mais de 800 mil visualizações no YouTube.

Além de falar sobre este mais novo lançamento, a banda também comentou sobre a participação no Rock in Rio 2019. Isso porque eles sobem no Highway Stage e se apresentam nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 3, 4, 5 e 6 de outubro.

Entrevista por Henry Zatz.

Vocês estão lançando o disco “Coisas da Vida”. Como foi o processo de gravação?

- PUBLICIDADE -

Foi longo, mas valeu a espera. Inicialmente gravaríamos um EP, e algumas das músicas foram gravadas em julho de 2017. Gravamos mais em maio de 2018 e finalizamos em maio de 2019, já com a ideia de lançarmos um álbum.

E como está a expectativa de vocês com relação a ele?

Estamos bastante ansiosos. Convivemos com a maioria dessas músicas há quatro anos e já ouvimos pedido atrás de pedido de “quando vai lançar?” Agora, finamente, podemos responder essa pergunta. Foram quatro anos desenvolvendo algumas delas, então a conexão é forte.

Vocês já tinham lançado as músicas “Cabelo” e “O Que Será de Nós”. Acha que elas representam bem o estilo deste novo trabalho ou os fãs podem esperar algo diferente também?

- PUBLICIDADE -

“Cabelo” e “O Que Será de Nós” estão no álbum e fazem parte da história que nós queremos contar dos nossos primeiros quatro anos juntos. As outras músicas exploram algumas sonoridades diferentes, mas todas são pop rock.

Falando em “Cabelo”, o clipe já ultrapassou a marca de 850 mil visualizações. Como vocês receberam esta repercussão?

850 mil é um número muito grande para contar de cabeça. 850 mil é equivalente a população de uma cidade. E, mesmo que uma pessoa tenha ouvido mais de uma vez, ainda assim foram 850 mil vezes que a nossa música foi ouvida. É estranho pensar em números desse tamanho. Não parece de verdade.

No novo álbum de vocês, há uma versão de “You Don’t Know Me”, do Caetano Veloso. Como foi para vocês gravarem esta música? E como surgiu a ideia?

“You Don’t Know Me” entrou para o nosso repertório em algum momento no meio de 2017. Foi ideia do Diego, que tocava com a gente na época, e nós embarcamos na proposta de fazer a nossa própria versão. Acho que cada um encontrou um pouquinho da própria verdade nela, seja na letra ou na música. Além da oportunidade de cantar Caetano, que é um dos grandes gênios da música brasileira.

- PUBLICIDADE -

Como está a expectativa de se apresentar num festival como o Rock in Rio?

Quando o Rock In Rio foi confirmado, nós sabíamos que teríamos que nos preparar mais do que já tínhamos nos preparado para outros shows importantes que fizemos. O RIR é o maior festival de música do mundo, tem uma história icônica e poder fazer parte dessa história é uma honra muito grande. Então, estamos tentando estar à altura da ocasião.

O que o público pode esperar do show de vocês?

Uma seleção de músicas tanto do rock clássico quanto do pop atual, música brasileira e muita vontade de tocar e trocar com o público.

Durante as apresentações, vocês costumam incluir alguns covers também, como “Kiwi”, do Harry Styles. Como é feita a seleção dessas músicas? E que artistas que vocês buscam inspiração?

Nós procuramos tocar coisas que tenham algum tipo de conexão com a gente, músicas que nós ouvimos juntos e podemos dizer “eu gostaria de ter feito isso”, ou “eu gostaria de testar algo assim”. O cover e a versão são chances de estudar o estilo de outros músicos e aprender com eles. Gostamos muito de tocar Fleetwood Mac, por exemplo, que expandiu os nossos horizontes na forma como usamos as nossas vozes no show. Tocar Lil Nas X é uma experiência completamente diferente, mas a gente procura se divertir o máximo possível com as nossas escolhas.

Podem deixar um recado para os fãs e leitores da Nação da Música?

Galera do Nação da Música, se vocês chegaram até aqui, muito obrigado pelo interesse! Esperamos que vocês tenham gostado de nos conhecer. Nosso primeiro álbum, “Coisas da Vida”, foi feito com muito amor e carinho e nós esperamos que vocês gostem também.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Os Caras e Carol, acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!