landscape_nrm_1423067488.hbz.0315.rihanna.07

Lulu Santos

Com uma verdadeira mistura de estilos, Lulu Santos abriu a penúltima noite de Palco Mundo nesta edição do Rock in Rio e animou o público com grandes sucessos como “O Último Romântico” e “Tempos Modernos”, alguns com os arranjos modificados. Ele também trouxe convidados como Rodrigo Suricato e Mr. Catra. O publico acompanhou bem Lulu e fez belos coros em diversos momentos com destaque para “De Repente, California” e “Apenas Mais Uma de Amor”. Durante o show, Lulu trouxe uma mensagem de igualdade, falando sobre o amor e como sobre ele não se pode haver um regulamento, uma resposta a aprovação da definição de familia pela Camara dos Deputados, onde apenas a união de homem e mulher pode ser reconhecida como tal.

Sheppard

A banda australiana teve um grande desafio com o publico do Rock in Rio, que era tocar para uma audiência na qual 98% desconhecia suas musicas. Ainda assim eles não deixaram se abalar e fizeram o show como se estivessem na frente de 85 mil fãs. Animados e simpáticos, interagiram bastante com o publico, agradecendo a oportunidade de estar ali e também a recepção; o publico não morreu de amores, mas parecia aberto a ver do que se tratavam, levemente interessados. Amy Sheppard foi um destaque em si, cantando e pulando de um lado ao outro, descendo diversas vezes ate o publico. “Smile”, “Find Someone” e a premiada “Geronimo”, esta fechando a setlist de doze canções.

Sam-Smith

- PUBLICIDADE -

Sam Smith

Sam Smith foi recebido aos gritos pelo publico do Rock in Rio e de cara ja colocou “I’m Not The Only One” como carta na mesa, arrebatando o coração do publico. Com uma bela de uma voz e mantendo-se fiel ao seu estilo, pode ate ter sido estranhado por aqueles que esperavam Rihanna e seus hits dançantes. Contudo foi impossível não curtir o show de Sam. Além de canções próprias, o cantor ainda trouxe um cover de Disclosure e um momento especial de homenagem à Amy Winehouse, cantando “Tears Dry On Their Own”. O outro grande hit do cantor, “Stay With Me”, veio no final do show e o coro foi grande na Cidade do Rock.

Rihanna

Com cerca de trinta minutos de atraso, Rihanna subiu ao Palco Mundo de uma Cidade do Rock abarrotada para vê-la. “Rockstar 101” foi a primeira música de uma setlist esperta, recheada de hits como “We Found Love” e “Only Girl”. “Umbrella”, o grande hit de sua carreira também marcou presença e Rihanna brincou (ou não) com os fãs dizendo que se alguém não sabia a letra da canção, então a mesma não era realmente um fã. O show foi como uma visita de médico, com menos de uma hora e meia de duração e as músicas não foram tocadas por completo, com exceção de poucas como “Diamonds” e “Bitch Better Have My Money”, esta talvez a faixa mais aguardada da noite. Em muitos momentos o público poupava Rihanna de ter que cantar algumas partes das músicas, o que a artista aproveitava de bom grado. Passos de dança e até dólares com o rosto da cantora fizeram parte do concerto, que pecou em execução. Contudo, é difícil dizer se os fãs realmente se importaram com isso.

- PUBLICIDADE -