Chorão
Reprodução

Há exatos seis anos, no dia 06 de março de 2013, o mundo da música e o Brasil lamentavam a perda de Chorão.

Conhecido pelo sucesso como vocalista do Charlie Brown Jr., ele foi encontrado sem vida em seu apartamento e, segundo laudo, por causa de overdose de cocaína.

Nesta quarta-feira (06), as redes sociais foram muito movimentadas relembrando sua importância. Fãs, ex-companheiros de banda e famosos fizeram suas homenagens.

A fama do grupo já começou logo em seu primeiro álbum lançado em 1997. “Transpiração Contínua Prolongada” trazia hits que são cantados até hoje como “Proibida Pra Mim”, “Quinta-Feira” e “Tudo Que Ela Gosta de Escutar”.

Depois dele, com a presença do cantor, foram divulgados outros oito álbuns de estúdio, sempre recheado de canções que ganhavam cada vez mais fama e, diversas vezes, chegaram a fazer parte de trilha sonora de novelas.

- PUBLICIDADE -

A banda ainda reuniu prêmios importantes durante sua trajetória. Além de ter conquistas nacionais como MVB e Prêmio Multishow, o grupo de Santos chegou a levar dois Grammy’s Latinos como “Melhor Álbum de Rock Brasileiro” com “Tamo Aí Na Atividade” e “Camisa 10 (Joga Bola Até Na Chuva)”, em 2005 e 2010, respectivamente.

Desde o falecimento do cantor, muitas homenagens de diferentes artistas surgiram durante os anos. Mais recentemente, Emicida, Projota e Paula Toller foram alguns dos que regravaram suas famosas músicas.

Deixe seu comentário no final dessa publicação, marque seus amigos que também curtem Chorão e Charlie Brown Jr., acompanhe a nossa agenda de shows e a Nação da Música através do Twitter, Facebook, Instagram e Spotify. Muito obrigado pela visita e por ler essa matéria!