Avicii
Foto: Sean Eriksson / Divulgação

Avicii foi encontrado morto na cidade de Mascate, em Omã, na última sexta-feira (20). Desde que a assessoria do músico informou sobre o falecimento, fãs e colegas do DJ sueco vêm utilizando as redes sociais para homenageá-lo.

 

Diplo publicou no Instagram uma foto antiga com Avicii e chamou-o de “estrela dourada” e “pioneiro”. “Você determinou os precedentes para o resto de nós, produtores/abriu as portas e definiu as tendências. Um pioneiro real e influência para todos os seus colegas. Você deveria ter vivido até se os 150 anos… Mas a sua música vai viver para sempre”, escreveu Diplo.

You set the precedent for the rest of us producers/ opened doors and set the trends . A real groundbreaker and influencer to all your peers . You should have lived to be 150.. but your music is gonna live forever . I'm not just saying that.. but you are the only one to always make timeless songs. You were the gold standard . You made me want try and make dance music when i first heard "seek bromance" . And then u kept making feel like shit cause you kept gettin better and i couldn't even mix a snare right .. you were the best of this generation . A real superstar ? I know you had your demons and maybe this wasn't the right place for you sometimes , but we need to protect true artists like you at all costs because there are not enough left and we are losing too many .. be good Tim

A post shared by diplo (@diplo) on

“Gentil, humilde, talentoso e inspirador” foram as palavras que Zedd usou para descrever o artista. Já Steve Aoki compartilhou uma história com Avicii durante o festival Tomorrowland: “Eu estava tão nervoso e você me tirou de dentro da minha cabeça, me ergueu e me fez perceber que o que importa é ter um bom momento. Nunca vou esquecer disso”.

O norueguês Kygo encerrou seu show no Coachella 2018 dedicando “Without You” a Avicii, dizendo que o DJ  “era a minha maior inspiração musical e ele foi a razão porque eu comecei a fazer música. Então eu não acho que estaria no palco se não fosse por ele”.

A cantora AlunaGeorge, que gravou a faixa “What Would I Change It To” com Avicii, publicou uma fotografia dos dois no estúdio e compartilhou: “Eu passei um dia no estúdio e ele pegou uma música que ninguém mais entendeu e trouxe-a à vida. Ele estava bem doente, veio direto do hospital, suando e desconfortável, mas não reclamou. Foi uma ótima experiência e eu sempre serei eternamente grata por compartilhar desse nível de criatividade e paixão com alguém que entendia tanto o que faz as pessoas felizes – ele realmente se importa com as letras”.

Não foram apenas artistas da música eletrônica que se pronunciaram. O cantor Wycleaf Jean escreveu que Avicii era como um irmão para ele e que “no meu momento mais difícil, fui à Suécia e ele e Ash Pournouri estavam lá para mim e nós encontramos luz em ótimas conversas e música”. O rapper gravou a música “Divine Sorrow” em parceria com o DJ.

Confira outras homenagens feitas a Avicii:

The remix I did of Levels hasn’t left my set since I made it back in 2011. All though we weren’t “close friends” I feel this deep sadness through the connection we had through this song. Tim was a truly a genius and an innovator, yet sensitive and humble. This industry can be rough and from a far I saw it take a tole on him. I just wish I could have hugged him more and told him it would be okay .You’re music will forever be apart of mine and so many other lives. Maybe that’s the closest thing we have to immortality. I really hope you’re essence , wherever it may be in the universe is now at peace. And if in some miracle you can see this , I hope you know that as long as human beings are alive on this planet , you will forever remain an inspiration. Thank you Tim. RIP

A post shared by SKRILLEX (@skrillex) on

Words can not describe how I feel right now..I am gonna miss you brother ??

A post shared by Tiësto (@tiesto) on

A causa da morte de Avicii ainda não foi informada ao público, mas a polícia divulgou nesta segunda-feira (23) que foi descartada a possibilidade de motivação criminosa – segundo informações da Rolling Stone.

Em 2016, Avicii anunciou que estava abandonando a carreira musical, mas retornou às picapes no ano seguinte lançando seu EP homônimo com participações de Rita Ora, Billy Raffoul e AlunaGeorge.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte Avicii, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.