Camila Cabello abre o jogo sobre sua saída do grupo Fifth Harmony

Camila Cabello
Foto: Reprodução/Facebook

A cantora Camila Cabello revelou em uma entrevista os motivos que a levaram a sair do grupo Fifth Harmony no final de 2016. As informações foram publicadas pelo New York Times nesta quinta-feira (11).

Durante a conversa, a artista revelou que ela queria ter continuado no grupo enquanto investia em um trabalho solo, mas as colegas não curtiram muito a ideia e tudo começou a mudar depois do lançamento de “I Know What You Did Last Summer” com Shawn Mendes.

- ANUNCIE AQUI -

“Eu comecei a ficar curiosa e queria aprender vendo todas aquelas pessoas trabalhando com música em minha volta, escrevendo e sendo tão livre. Eu só queria fazer aquilo, mas não deu certo”, disse Cabello. “Ficou claro que era impossível fazer algo solo e continuar em um grupo ao mesmo tempo. Se alguém quer explorar sua individualidade, não é certo que as pessoas digam que não”.

Na próxima sexta-feira (12), Camila Cabello celebrará o lançamento de seu primeiro álbum solo, que conta com a famosa “Havana” e outros singles já divulgados.

- ANUNCIE AQUI -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Camila Cabello, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -
VIANew York Times
Avatar de Maria Mazza
Formada em jornalismo, considera a música uma de suas melhores amigas e poderia facilmente viver em todos os festivais. Bandas preferidas? McFLY e Queens of the Stone Age.