Os irmãos do Disclosure e seus vários colaboradores estão sendo processados por suposto roubo de letras.

Em informações divulgadas pelo jornal britânico Daily Mail no último sábado (17), a compositora Katie Farrah Sopher afirma que “White Noise”, “Latch” e “You and Me”, músicas do Disclosure, incluem conteúdo lírico tirado de seu songbook pessoal, que apresenta material inspirado por um “tóxico” relacionamento de cinco anos com Sean Sawyers. Alega-se que Sawyers foi violento com Sopher, antes de roubar o songbook e vendê-lo para os contatos da indústria da música. Sopher está reivindicando 200.000 libras em danos.

Além das acusações sobre seu ex-namorado, Sopher também está processando pessoalmente Disclosure e seus colaboradores sobre as três faixas, Sam Smith, AlunaGeorge e Eliza Doolittle. Sopher também reivindica conteúdo lírico em “Flies Atrair”, de AlunaGeorge. De acordo com o Daily Mail, todos os artistas envolvidos no caso não quiseram comentar. Sawyer nega todas as acusações e diz que nunca viu o livro em questão.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Disclosure e da Nação da Música.