Disclosure está sendo processado em caso de letras de músicas roubadas

Os irmãos do Disclosure e seus vários colaboradores estão sendo processados por suposto roubo de letras.

Em informações divulgadas pelo jornal britânico Daily Mail no último sábado (17), a compositora Katie Farrah Sopher afirma que “White Noise”, “Latch” e “You and Me”, músicas do Disclosure, incluem conteúdo lírico tirado de seu songbook pessoal, que apresenta material inspirado por um “tóxico” relacionamento de cinco anos com Sean Sawyers. Alega-se que Sawyers foi violento com Sopher, antes de roubar o songbook e vendê-lo para os contatos da indústria da música. Sopher está reivindicando 200.000 libras em danos.

- ANUNCIE AQUI -

Além das acusações sobre seu ex-namorado, Sopher também está processando pessoalmente Disclosure e seus colaboradores sobre as três faixas, Sam Smith, AlunaGeorge e Eliza Doolittle. Sopher também reivindica conteúdo lírico em “Flies Atrair”, de AlunaGeorge. De acordo com o Daily Mail, todos os artistas envolvidos no caso não quiseram comentar. Sawyer nega todas as acusações e diz que nunca viu o livro em questão.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Disclosure e da Nação da Música.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

Avatar de Júlia Canedo
Júlia Canedo: Estudante de jornalismo na cidade louca que é o Rio de Janeiro. Curte festinhas, futebol, cerveja, não é referência comportamental pra ninguém e gosta de dar pitaco em tudo. Apaixonada por música, do funk ao punk rock, pretende seguir a carreira de fã por muito tempo. Escreve pro Nação da Música, passa o seu tempo no twitter e ainda sofre por não ter conseguido ir à um show do Oasis.