Dulce María lança seu novo e pessoal single “Lo que ves no es lo que soy”

Dulce María
Foto: Divulgação / Ari Prensa
- PUBLICIDADE -
Nação da Música

Perto de completar trinta anos de carreira, a cantora, compositora, escritora e atriz mexicana Dulce María resolveu comemorar o marco lançando nessa sexta-feira (06) a canção intitulada “Lo que ves no es lo que soy”, que fala sobre a sua trajetória.

- PUBLICIDADE -
Nação da Música

A Nação da Música foi convidada para a coletiva de imprensa que ela realizou nessa quarta-feira (04), onde falou sobre o seu novo projeto, que recebeu o nome de “Origen” e será todo autoral. “Pra mim é um projeto muito importante, que na verdade é muito pessoal. De certa forma estou com esse projeto pendente há alguns anos porque são composições que fiz no decorrer de diferentes momentos da minha vida, em diferentes etapas da minha carreira e da minha vida pessoal. Quando decidi começar com ‘Origen’, foi como ter uma produção que é praticamente uma iniciativa minha, é uma produção minha, como eu digo, muito pessoal“, revela.

- PUBLICIDADE -

De composição sensível e intimista, “Lo que ves no es lo que soy” reflete a identidade musical de Dulce. “Eu a escrevi há muitos, muitos anos. Há uns sete anos. Eu estava muito triste, me lembro desse dia, eu nem sequer estava inspirada. Eu tinha uma sessão de composição e estava ‘não sei o que escrever porque estou triste’, estava decepcionada com muitas coisas, e ao conversar com as pessoas com quem estava escrevendo essa canção, saiu essa parte da instabilidade que às vezes é estar em turnês, em palcos, estar viajando… porque claro, de fora parece muito bonito, inclusive, agora mais ainda com as redes sociais. Se você olhar os influencers, os cantores, é tipo ‘uau’, hoje está na Espanha, amanhã nos Estados Unidos, amanhã está na Ásia e isso pode parecer muito bonito, mas às vezes, acho que não todo mundo, mas… o que passa dentro de você? Dentro do ser humano? Então ela falava sobre isso, de como você pode chegar a se sentir perdido, sem estabilidade. A canção fala disso“, explica.

- PUBLICIDADE -

Sobre as influências do som de suas novas músicas, ela explica: “A princípio, continua sendo pop, não é tão, tão diferente, mas sim, tem uma influência de folk e de músicas que eu gosto, que eu escuto e que gosto do que transmitem. Alguns instrumentos e essas coisas, por isso eu quis experimentar, sabe? Afinal, é um experimento, uma transição, e creio que seja válido fazer coisas diferentes, por isso tem essa influência pop-folk, mas continua sendo pop, balada, mas com alguns instrumentos que nunca havia incluído nos meus álbuns anteriores“.

- PUBLICIDADE -

Ao falar sobre trabalhar durante esse período, Dulce disse que pode lançar esse material justamente por não precisar trabalhar nele. As canções já estavam gravadas, prontas pra serem liberadas. “Ainda que eu só tivesse que lançar de forma virtual, foram meses complicados para mim. Acredito que para muitos, para todo mundo, mas para alguns mais do que para outros, por isso dei uma pausa. Mas agora sinto que é necessário que ele saia porque é um divisor de águas, é como o término de um ciclo e início de outro. Não só os trinta anos de carreira, mas também vou completar mais um ano de vida, minha bebê vem aí, vem muitas mudanças, e para mim era importante que já saísse“.

Durante a coletiva, Dulce María, que está grávida de oito meses, mencionou também o reencontro do RBD, que acontece no próximo mês e no qual ela não estará presente. “É algo muito difícil para mim, para os fãs… para alguns fãs. É difícil porque levamos tanto tempo, se passaram doze anos desde que o grupo terminou e que de alguma forma essa geração rebelde esperou o reencontro, né? Desde o primeiro dia! Em todos meus shows, em meus momentos solo e todos os anos quando se celebra o dia mundial do RBD, é sempre algo que eu honro, agradeço e canto as músicas nos meus shows. Então eu acredito que todos saibam como é importante para mim e que, em qualquer outro momento desses doze anos, eu teria estado, feliz da vida! Inclusive daqui um ano… Mas, desgraçadamente, chega em um momento muito, muito complicado, muito difícil para mim“, explicou.

- PUBLICIDADE -

Ela falou também que amaria estar com os companheiros de grupo nesse momento especial de sua vida, mas as condições de segurança com sua saúde não permitem. “O encontro não havia acontecido porque é preciso que seis pessoas coincidam. Não somente seis pessoas, mas toda a equipe que tem por trás de um projeto tão importante assim coincidam. E agora eles quatro podem coincidir, e eu acho que é melhor que tenham isso a que não tenham nada porque não sei algum dia isso vai repetir. Em teoria é somente um evento”, disse.

Não é que eu não queria estar, é porque não posso. Isso vai além de mim. Depois de trinta anos de carreira, de sacrificar muitas coisas, que inclusive é o que fala a canção e o vídeo de ‘lo que ves no es lo que soy’, eu não me perdoaria se algo saísse mal por eu não estar 100% focada na minha saúde e na saúde da minha bebê que agora precisa de mim. É um sonho pessoal e às vezes dá trabalho defendê-los, mas você tem que defendê-los. Me dói muito, muito, muito não poder estar porque sabem como é importante para mim. Eu sempre vou ser rebelde, sempre vou fazer parte do RBD“, completou.

- PUBLICIDADE -

Ainda sobre o novo single e a nova fase em sua carreira, Dulce enfatiza com paixão que “chega um ponto na carreira onde você se vê em um barco que você não sabe se você escolheu, já não sabe se realmente quer ir por ali, se você decidiu pegar esse trem ou avião, que é o que aconteceu comigo. Agora sei que eu posso escrever o final da história com minhas decisões, defendendo os meus sonhos, defendendo as coisas que são importantes para mim, para a minha vida e para o meu coração. Afinal, nada é tão ruim se te inspira a criar uma canção, né? Já quero que vocês vejam o clipe para que entendam um pouquinho mais sobre tudo que foram os meus trinta anos trabalhando desde muito pequenininha e porque agora preciso respirar e lançar Origen, que são minhas músicas, minhas composições. Vocês vão entender melhorar todas essas coisas quando assistirem o vídeo”, explica.

Conhecida por sempre transmitir mensagens de amor e perseverança, Dulce María foi questionada se, de alguma forma, se sente pressionada por seus fãs para ser perfeita, ao que ela respondeu que não. “Acredito que algo que eu sempre defendi e que sempre foi minha bandeira é ser você mesmo, ainda que os demais não gostem, ainda que os demais esperem outra coisa de você. É ser real, ser quem você é. Não tentar aparentar ser algo para caber em um molde, digamos. Acredito que desde Rebelde, dos shows, as coisas que eu dizia, eu sempre tentei ser congruente com a etapa da minha vida que estou vivendo no momento. Sempre tentei transmitir minhas ideias, meus sonhos, as coisas que estou defendendo no momento, desde muitos anos atrás. Então acho que ser real te conecta muito mais com as pessoas porque eu não sou um exemplo, mas sim um espelho de pessoas que podem se identificar comigo“, confessa.

- PUBLICIDADE -

Já disponível digitalmente, você pode escutar “Lo que ves no es lo que soy” no player localizado logo após o rodapé, ou se preferir, clique aqui e escolha a plataforma de streaming de sua preferência. Além disso, o videoclipe chegará ao público na terça-feira, dia 10. “A canção diz muita coisa, mas o vídeo diz ainda mais sobre mim, sobre a minha carreira e de vários aspectos que quero compartilhar com eles [fãs] e me sinto livre para fazer algo muito pessoal que não é precisamente o que as pessoas esperam, mas que é, pra mim, algo muito especial“, encerra.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Dulce María, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- PUBLICIDADE -
Katielly Valadão
Jornalista apaixonada por palavras, cultura e entretenimento.