Green Day vence processo contra o uso da imagem “Scream Icon” em turnê de 2009

O Green Day venceu nesta semana o processo movido contra a banda, por ter usado a imagem conhecida como “Scream Icon” no telão dos shows deles durante a turnê de 2009. De acordo com a agência Reuters, o veredito final foi dado pelo juíz Diarmuid O’Scannlain, da corte de apelação da Califórnia, na quarta-feira (07).

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

O artista Dereck Seltzer, criador da “Scream Icon”, entrou com a ação contra a banda, alegando violação de direitos autorais, depois de ter recusado o acordo proposto pelo advogado do grupo, que icluía até ingressos de shows.

- ANUNCIE AQUI -

Em 2011, todas as acusações feitas por Seltzer foram encerradas pelo Juiz Federal de Los Angeles e 9ª Corte concordou com a decisão prévia, alegando que o Green Day usou o trabalho de forma “transformadora, não excessivamente comercial”. A imagem exibida no telão do show, durante a música “East Jesus Nowhere”, tinha uma cruz vermelha pintada sobre ela.

- ANUNCIE AQUI -

“Em um contexto de uma música sobre a hipocrisia da religião, cercada por outras imagens religiosas icônicas e com uma cruz pintada por spray vermelho, ‘Scream Icon’ transmite uma nova informação, nova estética, nova percepção e entendimento, claramente distintos da peça original”, declarou O’Scannlain.

- ANUNCIE AQUI -

Mesmo tendo ganhado a causa, o Green Day teve que arcar com as dispesas (US$ 201 mil de honorários advocatícios), já que a corte alegou que a ação movida por Seltzer não era “objetivamente sem razão”.

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.

- ANUNCIE AQUI -