Juiz nega pedido de novo julgamento para o caso de Robin Thicke e Pharrell Williams

2011.topic.pages.music.robin.thicke

Na última quarta-feira (15), o pedido de um novo julgamento do caso Robin Thicke e Pharrell Williams sobre o plágio da música do Marvin Gaye foi negada pela justiça americana. Em março o juiz havia decidido que a música “Blurred Lines” era plágio de “Got To Give It Up”, de 1977, escrita por Marvin Gaye.

Dois meses depois, Robin e Pharrell, entraram com recurso alegando que a decisão do juiz não tinha provas suficientes. No entanto John Kronstadt,  juiz responsável, alinhou com a família de Gaye e declarou que o rapper TI, que tem participação na música, também deverá pagar os danos de direitos autorais reduzido de 7,4 milhões de dólares para  5,3 milhões de dólares.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Robin Thicke, Pharrell Williams e da Nação da Música.

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO!