Melim homenageia Djavan no novo álbum “Deixa Vir Do Coração”

Melim
Foto: Sergio Blazer / Divulgação
- PUBLICIDADE -
Melim
- PUBLICIDADE -
Maneva
Melim

O trio Melim lançou nessa sexta-feira (11) seu mais recente trabalho, o álbum que traz em seu título, “Deixa Vir Do Coração”, uma doce referência do que podemos ouvir em seu conteúdo.

- PUBLICIDADE -
Maneva

Composto por treze faixas, o material se trata de releituras de canções de um dos maiores nomes da música popular brasileira: Djavan. Para falar sobre o projeto, Rodrigo, Gabriela e Diogo Melim realizaram uma coletiva de imprensa, e a Nação da Música participou do bate-papo com eles.

- PUBLICIDADE -

Com evidente brilho nos olhos e demonstrando todo respeito, afeto e carinho que têm pelo homenageado, os irmãos deixaram transparecer o sentimento de gratidão e de missão cumprida com o novo disco. “Eu acho que a vida reserva algumas coisas realmente especiais para nós“, disse Rodrigo. “Conhecer o seu ídolo, um dos nossos maiores ídolos da música, gravar como ele, é uma coisa muito especial. A gente quis fazer algo que veio do fundo do coração. Esse projeto, diferente dos outros, não teve um lance de marketing, de querer fazer nenhum tipo de produto. Era algo de realmente ser feliz cantando e poder homenagear o Djavan“, revelou.

- PUBLICIDADE -

A paixão citada por eles de fato ressoa ao longo de cada faixa do disco, que a NM já havia escutado antecipadamente antes do lançamento. Além da realização de terem sido liberados para gravar as músicas do Djavan, Melim teve ainda a grande surpresa e honra de cantar “Outono” com ele. Diogo contou que o cantor humildemente indagou “será que os meninos iam gostar se eu de repente cantasse uma música com eles?“.

- PUBLICIDADE -

Sabemos que Djavan tem uma forma peculiar, harmonias complexas e sua inconfundível característica de quebrar as sílabas ao cantar. Quando citei isso para os irmãos, e perguntei quais foram os desafios enfrentados por eles ao fazer releituras de um artista tão único, Diogo respondeu que foi a responsabilidade.

Uma coisa é você gostar, outra coisa é você profissionalmente se propor a fazer um álbum cantando músicas do Djavan, que são realmente complexas. Eu cheguei a falar pro Rodrigo, cara, é bizarro como a gente já tá tempo na música, já faz isso desde criança, é musical, e na hora de cantar, a gente descobriu que não sabia muita coisa, que não tinha percebido muitas quebradas de ritmo, que não tinha percebido muitas notas. Coisas que eu cantei a vida inteira uma nota, era outra nota“, confessou.

- PUBLICIDADE -

Ainda dentro do tópico, eles contaram que tiveram muito auxílio do Max Viana, filho de Djavan. Foi dele a ideia do nome do álbum, e é dele a assinatura da produção do material. “Ele conhece muito a obra do pai, então um detalhe ou outro ele ajudou, e foi um desafio muito grande“, completou Diogo.

Repleto de amor e bons sentimentos, o disco conta com a benção do homenageado. “Pra ele não interessa mais participar de coisas que só sejam mercado, ele já conquistou tudo que queria conquistar, então ele tá numa onda de fazer coisas que ele vê verdade e que ele fica empolgado“, foi a resposta de Max à pergunta do grupo de “por que nós?“. “Deixa Vir Do Coração” já está disponível nas plataformas de streaming e pode ser escutado ao final dessa matéria, ou se preferir, clicando aqui.

- PUBLICIDADE -

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Melim, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.



Caso este player não carregue, por favor, tente acessa-lo clicando aqui.

- PUBLICIDADE -
Jornalista apaixonada por palavras, cultura e entretenimento.