Prince tinha altos níveis de droga no sangue quando morreu, indicam exames

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica
O exame toxicológico de Prince revelou novas informações sobre a morte do artista. Foram encontrados níveis excessivamente altos de fentanil no sangue do artista, uma droga considerada 50 vezes mais forte do que heroína. As informações foram divulgadas pela Associated Press e NME, nesta terça-feira (27).

- ANUNCIE AQUI -
@nacaodamusica

Os exames revelaram que a concentração de fentanil no sangue de Prince era 67.8 microgramas por litro. De acordo com a NME, a substância já é considerada fatal a partir de 3 microgramas por litro. Grandes quantidades da droga também foram encontradas no fígado e no estômago do cantor.

- ANUNCIE AQUI -

Fentanil é um opióide utilizado como medicação para dor, semelhante à morfina, que pode funcionar como anestesia quando utilizado com outros medicamentos. A substância também é consumida como droga ilegal por ter efeito semelhante à heroína.

- ANUNCIE AQUI -

O procurador responsável pela investigação da morte do ícone musical indicou que está revisando os exames e vai se pronunciar sobre a decisão de acusar ou não alguém em relação ao falecimento.

- ANUNCIE AQUI -

Prince morreu em abril de 2016, aos 57 anos, devido a uma overdose de opióide. O artista foi um dos grandes nomes da música americana e marcou gerações com grandes hits como “Purple Rain” e “Kiss”.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Prince, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e sua família. Não se esqueça que a vacinação contra a COVID já está disponível em todo o Brasil. Aqueles que já receberam a 1ª e a 2ª dose, lembrem-se de tomar a dose complementar e mesmo após vacinação completa, é necessário seguir as medidas de cuidado necessárias para contermos o coronavírus. Cuide-se!

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram e Twitter.