Em seu aniversário de 50 anos, revista Rolling Stone é posta à venda

Rolling StoneO jornal The New York Times anunciou nesse domingo (17) que a revista Rolling Stone está à venda e não será mais da Wenner Media.

A Rolling Stone foi fundada em 1967 por Jan Wenner em um pequeno apartamento em São Francisco, nos Estados Unidos, e às vésperas de seu aniversário de 50 anos, a revista está a procura de quem compre a parte majoritária de suas ações. No ano passado, 49% da empresa já havia sido vendida para a BandLab Technologies.

De acordo com a Wenner Media, o motivo da venda seria uma “decisão estratégica” para “melhorar o posicionamento da marca para um melhor crescimento“. “Eu amo o meu trabalho, eu curto bastante. Eu aproveitei por bastante tempo”, disse Wenner em comunicado oficial. “Mas é a coisa mais inteligente a se fazer“, completou ele.

A revista de capas icônicas ficou conhecida por ser uma plataforma para a contracultura e a música, mas “estamos sendo proativos e queremos estar à frente da curva. A indústria editorial é completamente diferente do que era“, contou Gus Wenner, filho de Jan e chefe executivo de operações da empresa. A família ainda pretende fazer parte do corpo da Rolling Stone, mas sabem que isso dependerá da vontade dos novos donos.

Se você quiser dar uma olhada nas matérias que o Nação da Música já fez baseadas em entrevistas e histórias veiculadas na revista, só clicar aqui.

Deixe seu comentário no final da página, marque aquele seu amigo que também curte a Rolling Stone, e acompanhe a Nação da Música nas Redes Sociais: Facebook, Twitter, Spotify e Instagram.

- PUBLICIDADE -