Tommy Iommi, guitarrista do Black Sabbath, conta como descobriu que tinha câncer

BlackSabbath2

Durante a produção do novo disco de Ozzy Osbourne, Tommy Iommi foi diagnosticado com um tipo de câncer no sangue, denominado linfoma, em 2013. Desde então, o músico luta contra a doença.

O câncer, no entanto, não fez o guitarrista parar com o rock. Em entrevista ao Mirror na última quarta (07), Iommi conta como foi a descoberta da doença e como decidiu continuar com a música .

Quando o doutor me disse que eu tinha câncer, eu pensei: ‘então é isso’. Pelo que eu sabia, câncer era a morte. Eu encontrei um nódulo doloroso na minha virilha , enquanto eu estava em Nova York promovendo o meu livro. […]. Voltei para a Inglaterra e teve uma operação para reduzir a minha próstata . Foi indolor, mas depois que eu precisava de um cateter. Quando descobri isso, fui ver o cirurgião. 

Ele [cirurgião] disse: “Boas notícias sobre a sua próstata. Foi cortada em um tamanho razoável e tudo está bem. Mas, na parte que tiramos, achamos um linfoma folicular” […]”.

Às vezes eu me pergunto se eu deveria tentar viver uma vida mais tranquila. Então eu penso : ‘Eu não quero deixar a doença tomar conta de mim’. Afinal de contas , eu gosto de onde estou agora.”

A entrevista completa (em inglês) pode ser encontrada aqui.

Não deixe de curtir a nossa página no Facebook, e acompanhar as novidades do Black Sabbath, de Tommy Iommi e da Nação da Música.

COMPARTILHAR
Lígia Berto: Aspirante a jornalista que dormiu demais e perdeu a hora para nascer durante a Geração Beat. Desde que entrou na faculdade, não sabe para qual lado atira: literatura, política ou cultura. São 19 anos de indecisão. Para tentar descobrir, escreve sobre os três assuntos em diferentes veículos, entre eles o Nação da Música. Irritantemente obsessiva por sagas literárias e constantemente envolvida por alguma banda britânica.

DEIXE SEU COMENTÁRIO!