Agnes Nunes se junta ao produtor Neo Beats e lança o vídeo de “Última Dança”

Agnes Nunes
Capa do single “Última Dança”
- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

A cantora Agnes Nunes honra as suas origens na Paraíba e sua família com a faixa “Última Dança” solta nessa sexta-feira (08).

- ANUNCIE AQUI -
Lubeka

Inspirada pela sua terra e suas raízes, pegando muito do forró – completamente diferente de seus trabalhos anteriores, sobre os quais você pode ler aqui na Nação da Música – a artista se juntou com o produtor Neo Beats para tornar sua visão uma realidade.

- ANUNCIE AQUI -

A música está saindo acompanhada de um videoclipe intimista e tradicional da cultura nordestina brasileira – que traz uma vibe romântica gravada na Bahia, mais especificamente na Península de Maraú. Agnes Nunes solta “Última Dança” preenchida da saudade de sua mãe, seus costumes nordestinos e de tudo que ela têm sentido desde que mora no Rio de Janeiro.

- ANUNCIE AQUI -

“Última Dança” fará parte do álbum no qual a artista está trabalhando e que virá a ser seu disco de estreia – ainda não há nome oficial ou data de lançamento, no entanto.

- ANUNCIE AQUI -

Para conferir o videoclipe de “Última Dança” de Agnes Nunes, só ir até o player no fim dessa matéria.

Muito obrigado pela sua visita e por ler essa matéria! Compartilhe com seus amigos e pessoas que conheça que também curtam Agnes Nunes, e acompanhe a Nação da Música através do Twitter, Google Notícias, Instagram, YouTube, Facebook e Spotify. Você também pode receber nossas atualizações diárias através do email - cadastre-se. Caso encontre algum erro de digitação ou informação, por favor nos avise clicando aqui.

Torcemos para que tudo esteja bem com você e toda a sua família. Não se esqueça de lavar bem as mãos e se possível #FicaEmCasa, mas se precisar sair não se esqueça de usar a máscara! Cuide-se.

- ANUNCIE AQUI -

Inscreva-se no canal da Nação da Música no YouTube, e siga no Instagram.

Estudante de jornalismo, não-binárie e apaixonade por música. Sempre aberte para ouvir qualquer gênero, artista ou década. O universo do pop, principalmente hyperpop, k-pop e synthpop, é onde eu vivo e sobrevivo.